Campinas fecha seletivas dos Jogos Escolares de São Paulo | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Campinas fecha seletivas dos Jogos Escolares de São Paulo

Vicente Lenílson (esq.) com alunos / Foto: Flávio Perez/ZDL

Campinas - A cidade de Campinas recebeu, nesta sexta-feira (28), a última seletiva dos Jogos Escolares do Estado de São Paulo (JEESP), evento ‘caça talentos’ do atletismo visando a formação nos novos campeões das pistas no País. A 10ª etapa reuniu crianças e adolescentes de 10 a 17 anos, de 40 escolas da região, no Centro de Treinamento de Alto Rendimento Swiss Park. 
 
Agora, os campeões de cada peneira e os dois melhores atletas por índice técnico nas provas serão convocados para a final, que será em agosto (mirins) e setembro (menores), no Ibirapuera, na capital paulista. O restante do grupo de 24 estudantes classificados será completado pela Secretaria de Esportes Lazer e Turismo de São Paulo, que fez campeonatos paralelos. Os vencedores podem fazer parte do Centro de Excelência Esportiva de São Paulo (CEE) e garantem vaga para os Jogos Escolares da Juventude, disputados em Natal (RN), de 4 a 14 de setembro, e em Belém (PA), de 7 a 16 de novembro.
 
"O sol veio ajudar um pouco, depois da chuva da Praia Grande e o frio de quinta-feira em São Paulo. O nível técnico das provas foi bem elevado, já que muitos tentavam as últimas vagas para as finais, em agosto. Fechamos com chave de ouro a fase das seletivas e esperamos formar a melhor seleção paulista dos últimos tempos na decisão", projetou Carlos Alberto Félix, organizador dos JEESP.
 
Em todas as seletivas, os atletas puderam competir nas pistas mais modernas do Brasil. O objetivo da Federação Paulista de Atletismo (FPA) e do governo do Estado é promover ainda mais a modalidade. Por isso, além da competição, crianças participam das provas para ter o primeiro contato com o esporte. 
 
"A seletiva de Campinas foi importante por reunir estudantes que talvez tiveram a primeira oportunidade na modalidade. Para a maioria, o mais importante não é ganhar a prova, mas saber que na região de Campinas há uma pista de alto nível e professores prontos para formar os jovens atletas. A modalidade é fomentada com o campeonato reunindo centenas de colégios nos principais centros do Estado", explicou Evandro Lázari, coordenador do Centro de Excelência Esportiva (CEE) de Campinas e da Orcampi.
 
Campeão das pistas orienta - Na pista em Campinas, o medalhista olímpico Vicente Lenílson acompanhava de perto as crianças e jovens que participavam do evento. "Os atletas mais talentosos acabam incentivando os colegas de classe a participar de provas no atletismo", contou o ex-atleta, que hoje coordena um trabalho no interior de São Paulo. "Nossa equipe em Bragança Paulista tem 80 crianças e mais de 20% têm nível para chegar ao alto rendimento. Temos um grupo de professores com experiência para levar esses jovens às grandes competições". 
 
Uma das pupilas de Vicente Lenílson é Laís Rodrigues, de 17 anos, atual bicampeã brasileira dos 100 m com barreiras. Para ajudar sua escola, a atleta venceu os 100 m rasos da etapa de Campinas dos Jogos Escolares do Estado de São Paulo. "É muito legal ter um espelho como o Vicente Lenílson na equipe. Ele sempre me dá conselhos", disse a garota, uma das promessas do atletismo brasileiro para as próximas olimpíadas.
 
Persistência - O jovem Wallace Gabriel, de 17 anos, esperou até a última seletiva para entrar na final no salto em altura. E, nesta sexta-feira, o garoto de São Joaquim da Barra fez 1,90 m. "Agora o que me resta é treinar para ser campeão dos Jogos Escolares do Estado de São Paulo no salto em altura e, quem sabe, nos 110 m com barreiras. Sei que posso melhorar ainda mais", garantiu o atleta.
 
Outro exemplo de persistência foi o polivalente Pedro Miguel, de Carapicuíba. O atleta de 16 anos participou das últimas três seletivas e, em Campinas, foi campeão dos 100 m e do salto em distância. "Sempre é bom competir as provas. Fiquei correndo apenas as de velocidade e resolvi voltar ao salto em distância. Vamos ver o que será melhor no futuro", contou o atleta, que em todos os eventos é acompanhado pela mãe, Silvana Almeida da Silva. 
 
"Minha mãe me dá forças e, quando as coisas não dão certo, está sempre pronta pra me ajudar e me animar a não desistir". Com a palavra a mãe de Pedro Miguel. "Estou ajudando a realizar o sonho dele no atletismo, mas sempre cobro os estudos. Ele adora estudar", concluiu a Silvana.
 
Datas das finais:
 
Seletiva Estadual Mirim (12 a 14 anos) - 10 e 11/08 - São Paulo - Estádio Ícaro de Castro Mello
 
Seletiva Estadual Infantil/Menores (15 a 17 anos) - 28 e 29/09 - São Paulo - Estádio Ícaro de Castro Mello

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook