Com 13 atletas, B3 Atletismo participa do primeiro Mundial do ciclo para Tóquio/2020 | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Com 13 atletas, B3 Atletismo participa do primeiro Mundial do ciclo para Tóquio/2020

Com jovens atletas e candidatos ao pódio, integrantes do clube disputam o torneio em Londres entre 4 a 13 de agosto; Paulo Sérgio Oliveira, no salto em distância, é o primeiro a estrear, nesta sexta-feira (4/8/2017) / Foto: Osvaldo F./B3 Atletismo

Londres - A B3 Atletismo terá 13 integrantes no primeiro Mundial do ciclo olímpico para Tóquio/2020, que será disputado em Londres entre os dias 4 e 13 de agosto, no Estádio Rainha Elizabeth II, sede dos Jogos de 2012. A delegação brasileira será formada por 36 atletas - a B3 contribuiu com quase 40% dos atletas que vão competir na Inglaterra.
 
Confira a programação do Mundial de Londres no site oficial do evento!
 
O grupo da B3 Atletismo tem se destacado pelos bons resultados conquistados nesta temporada. Darlan Romani, 5º colocado do arremesso do peso na Olimpíada do Rio, chega para o seu segundo Mundial como recordista sul-americano (21,82 m) e top 10 do ranking mundial. Érica de Sena, que disputa os 20 km da marcha atlética, é a líder do Circuito Mundial, tendo conquistado a vitória em duas etapas da competição (Monterrey e La Coruña). 
 
Mas não só: uma nova geração de atletas também tem conseguido boas marcas e estreia em Mundiais com grandes expectativas. É o caso de Thiago do Rosário André (800 m e 1.500 m), Márcio Teles (400 m com barreiras), Fernando Ferreira (salto em altura) e Alexander Russo (400 m) - todos alcançaram as melhores marcas da vida em 2017.
 
Vitória Rosa, de apenas 21 anos, disputou os 200 m e o 4x100 m em Pequim, há dois anos. Agora, conquistou o índice também para os 100 m (embora tenha aberto mão de competir no Mundial), tendo conquistado recorde pessoal nas duas provas individuais durante o ano. "São jovens potenciais, com pelo menos mais dois ciclos olímpicos pela frente", afirma Ricardo D'Angelo, coordenador técnico da B3 Atletismo. 
 
Wagner Domingos, o Montanha, está em um Mundial pela segunda vez. Finalista do lançamento do martelo na Olimpíada do Rio e recordista sul-americano da prova (78,63 m), participou de Pequim/2015 a convite. Para Londres, superou o índice (76 m) com a marca de 77,21 m, a segunda melhor de sua carreira. Luiz Alberto de Araújo (decatlo), Tânia Ferreira da Silva (salto triplo), Fernanda Borges (lançamento do disco) e Hugo Balduíno (4x400 m) são os "veteranos" do Clube: todos disputam uma edição do Mundial pela terceira vez de olho em 2020.  
 
2017, um ano de estreias para Paulinho - Paulo Sérgio Oliveira, o Paulinho, é o primeiro atleta da B3 a estrear no Mundial de Londres. Ele disputa a qualificação do salto em distância nesta sexta-feira a partir das 15h30 (de Brasília). Na B3 Atletismo desde 2014 e orientado pelo técnico Aristides Junqueira, Paulinho se classificou para o Mundial como campeão sul-americano da prova e pela 34ª posição no ranking olímpico com a marca de 8,05 m - seu recorde pessoal é 8,13 m, de 2014.  "Neste ano tudo tem sido 'o primeiro': ganhei meu primeiro Troféu Brasil, ganhei o Sul-Americano pela primeira vez e estou no meu primeiro Mundial", celebra o atleta de 24 anos, natural da pequena Buritama, no interior paulista.
 
Atletas da B3 convocados para o Mundial de Londres:
 
Alexander Russo - 4x400 m
Darlan Romani - arremesso do peso
Fernando Ferreira - salto em altura
Hugo Balduíno - 4x400 m
Luiz Alberto de Araújo - decatlo
Márcio Teles - 400 m com barreiras
Paulo Sérgio Oliveira - salto em distância
Thiago do Rosário André - 800 m e 1.500 m
Wagner Domingos - lançamento do martelo
Érica de Sena - marcha atlética 20 km
Fernanda Borges - lançamento do disco
Tânia Ferreira da Silva - salto triplo
Vitória Rosa - 100 m, 200 m e 4x100 m
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook