Fernanda Borges e Thiago André conquistam índice para o Mundial de Londres | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Fernanda Borges e Thiago André conquistam índice para o Mundial de Londres

Atletas do Clube BM&FBOVESPA obtiveram marca mínima para a competição de agosto na disputa da Etapa Regional do Campeonato Paulista de Atletismo, em São Bernardo / Foto: Osvaldo F./Contrapé

São Paulo - Fernanda Raquel Borges e Thiago do Rosário André, atletas do Clube BM&FBOVESPA, fizeram sua estreia na temporada 2017 e já conquistaram, neste sábado (11/3/2017), índice para a disputa do Mundial de Londres, que será realizado entre os dias 4 e 13 de agosto no Estádio Rainha Elizabeth II, palco dos Jogos Olímpicos de 2012. Os resultados foram obtidos na Etapa Regional do Campeonato Paulista de Atletismo, na Arena Caixa, em São Bernardo do Campo.
 
Fernanda conquistou a vitória e o índice no lançamento do disco com a marca de 62,29 m - a marca mínima para o Mundial é 61,20 m. Para a lançadora treinada por João Paulo Alves da Cunha, o resultado foi uma "volta por cima". No ano passado, classificada para a Olimpíada do Rio, Fernanda sofreu com uma hérnia de disco e quase perdeu a competição.
 
"Eu estava tão bem antes da hérnia de disco, então fiquei muito frustrada. Sofri a lesão 40 dias antes da Olimpíada, fazendo um agachamento. Perdi o Troféu Brasil e quase não competi na Olimpíada", recorda a gaúcha de 28 anos. "Hoje eu estava tensa porque foi a primeira prova do ano. Estava errando, o disco não fazia a trajetória correta no final". O objetivo de Fernanda, agora, é buscar o recorde brasileiro da prova, 64,21 m, de 2012. "Se eu corrigir alguns erros posso pensar no recorde". A melhor marca da carreira da lançadora é 64,01 m, de 2014.
 
Thiago do Rosário André, que disputou a Olimpíada do Rio nos 1.500 m, conquistou o índice para Londres nos 800 m. Ele correu a distância em 1min45s65, recorde pessoal, e 25 centésimos abaixo da marca de classificação para o Mundial. "Eu já sabia que ia correr bem. Fiz treinos em altitude, e parecia que eu estava treinando no nível do mar, em São Paulo", diz o jovem meio-fundista, de 21 anos. 
 
A estreia de Thiago na temporada estava prevista para o dia 22, também em São Bernardo do Campo, de acordo com a programação de seu técnico, Ricardo D'Angelo. "Mas eu estava tão bem que insisti, insisti, e entrei na prova. Eu entrei tão bem que nem fiquei nervoso, a prova estava na cabeça."
 
Thiago agradeceu também a ajuda do velocista Alexander Russo, que serviu de "coelho" para a prova. "Queria agradecer à ajuda dos meus companheiros de Clube, e especialmente do meu parceiro Alexander. Ele correu 500 m e me ajudou bastante. Se ele não tivesse dado uma de coelho, talvez o índice não tivesse saído."
 
Mais informações: www.clubedeatletismo.com.br e www.clubedeatletismo.org.br
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook