Medalhistas olímpicos vão acompanhar as seleções em campeonatos internacionais | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Medalhistas olímpicos vão acompanhar as seleções em campeonatos internacionais

O ex-maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima irá acompanhar os brasileiros no Mundial de Menores, em Donetsky, na Ucrânia / Foto: Divulgação

São Paulo - Os medalhistas olímpicos acompanharão as seleções nos eventos internacionais de atletismo. A decisão, anunciada pelo presidente da Confederação Brasileira de Atletismo, José Antonio Martins Fernandes, vale já a partir das competições programadas para este mês de julho: o Campeonato Sul-Americano de Adultos e o Mundial de Menores (para atletas com até 17 anos).
 
Para o Sul-Americano, que será disputado em Cartagena, na Colômbia, entre os dias 5 e 7 do mês que vem, irá com a equipe o ex-velocista André Domingos da Silva, medalha de prata no 4x100 m na Olimpíada de Sydney 2000 e bronze em Atlanta 1996. Para o Mundial de Menores, em Donetsk, na Ucrânia, de 10 a 14 de julho, irá o ex-maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima.
 
André e Vanderlei integram o "Programa Caixa Herois Olímpicos" da CBAt, na condição de ganhadores de medalhas olímpicas que já deixaram as competições. Para o Campeonato Mundial de Atletismo, que será disputado de 10 a 18 de agosto, em Moscou, na Rússia, acompanhará a delegação o antigo velocista Claudinei Quirino da Silva, vice-campeão mundial dos 200 m em Sevilha 1999 e medalha de prata olímpica em Sydney 2000 no 4x100 m.
 
"Os medalhistas olímpicos têm uma grande contribuição a dar aos nossos atletas atuais, podem passar sua experiência e certamente serão uma inspiração para os mais novos", disse José Antonio. "Agradeço a oportunidade de poder dar minha contribuição", disse Vanderlei. "Estou empolgado, acho que será muito legal", afirmou André.
 
André, Vanderlei, Claudinei, Edson Luciano Ribeiro, Claudio Roberto Souza, Robson Caetano da Silva e Joaquim Cruz acompanharam o "Fórum Caixa de Alto Rendimento" - FOCAR, realizado pela Caixa Econômica Federal e encerrado nesta quarta-feira no Estanplaza Hotel, em São Paulo.
 
"Foi muito interessante e uma troca de informações importante para todos", disse o presidente da CBAt. O superintendente de marketing institucional da Caixa, Gerson Bordignon também estava satisfeito com os resultados: "A CBAt, o Comitê Paralímpico, a ginástica, luta, ciclismo, todos puderam conhecer outras experiências de trabalho. E nós pudemos passar como estamos vendo a situação e ouvir o que pensam nossos patrocinados", explicou Gerson.
 
Neste terceiro e último dia do FOCAR houve palestra do especialista sueco Peter Eriksson, que conduziu a equipe paralímpica britânica, no ciclo olímpico 2009/2012 e levou o País do 18º lugar em Pequim 2008 ao terceiro posto em Londres 2012. O outro palestrante do dia foi o australiano Peter Davis, que trabalhou com a equipe australiana para o ciclo de Sydney 2000, com o time dos Estados Unidos, para os Jogos de Atenas 2004, além da equipe do Canadá para os Jogos de Inverno de Vancouver 2010.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook