Morre de infarto medalhista olímpico baleado no México | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Morre de infarto medalhista olímpico baleado no México

Noé Hernández foi mais uma vítima da violência no México / Foto: Comitê Olímpico Mexicano

México - O medalhista olímpico Noé Hernández, que conquistou a prata durante os Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000, morreu nessa quarta-feira, dia 16 de Janeiro, vítima de infarto. Ele levou um tiro na cabeça no dia 30 de Dezembro e surpreendeu o mundo ao se recuperar rapidamente das três cirurgias que fez, onde foram colocadas sete placas de titânio em sua cabeça. 
  
De acordo com as autoridades mexicanas, Hernández sofreu dois infartos em casa, onde se recuperava das cirurgias. O diretor do Hospital 90 Camas, Santiago Hurtado Arevalo, informou que às 11:45 da manhã dessa quarta-feira eles receberam um telefonema da Polícia do México para solicitar apoio para a transferência do marchista. Segundo o diretor, ele teve uma parada cardíaca de 10 minutos e durante esse tempo ele permaneceu sem sinais vitais. Depois de receber os primeiros socorros, Noé Hernández foi levado de ambulância para o hospital no município de Chimalhuacan, onde morava com a família. Os médicos ainda tentaram reanimá-lo, mas não tiveram nenhuma resposta.
 
Especialista em marcha atlética, o atleta levou um tiro na cabeça na madrugada do último domingo, dia 30 de Dezembro, dentro de um bar na cidade de La Paz, na região metropolitana da Cidade do México. Hernández estava acompanhado de três amigos. Dois deles morreram na hora. 
 

 

 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook