Palco para receber Usain Bolt é instalado em Copacabana | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Palco para receber Usain Bolt é instalado em Copacabana

O palco do Mano a Mano, a primeira competição brasileira que receberá o jamaicano Usain Bolt, no dia 31 de março, já ganha seus contornos /  Foto: DivulgaçãoO palco do Mano a Mano, a primeira competição brasileira que receberá o jamaicano Usain Bolt, no dia 31 de março, já ganha seus contornos / Foto: Divulgação

Rio de Janeiro - O palco do Mano a Mano, a primeira competição brasileira que receberá o jamaicano Usain Bolt, no dia 31 de março, já ganha seus contornos. Arquibancadas, tendas e, principalmente, a pista já começam a se mesclar ao belíssimo cenário da Praia de Copacabana. E para tornar o evento ainda mais brilhante, a pista onde o Bolt tentará o melhor resultado da história da prova de 150 acabou de "sair do forno".
 
"Esta é uma pista nova, que será estreada no Mano a Mano. Apesar do cenário diferente, caso da Praia de Copacabana, a pista é exatamente igual à de competições como os Jogos Olímpicos", afirmou Martinho Nobre dos Santos, Superintendente Técnico da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), que, assim como a International Association of Athletics Federations (IAAF), chancela a competição.
 
São cerca de 80 operários, que, desde o dia 7 de março, transformam mais de 15 toneladas de materiais numa arena que proporcionará ao povo carioca a oportunidade de ver de perto o homem mais rápido do planeta.
 
"Nos Jogos Olímpicos de Londres, milhões de pessoas ficaram na fila de espera para ver o Bolt correr e não conseguiram. O Mano a Mano dará este presente para o povo carioca, que poderá vê-lo de graça em Copacabana", disse Bernardo Fonseca, diretor X3M Sports, uma das organizadoras do evento.
 
Montada no espaço mais democrático do Rio de Janeiro, a Praia de Copacabana, a pista será como um palco. Os artistas serão os velocistas que tentarão roubar a cena e o papel principal do homem mais rápido do mundo.
 
“Bolt é a cara do Rio de Janeiro. Apesar de ser uma personalidade mundial, uma lenda do esporte, ele é sempre visto sorrindo, feliz e constantemente brinca com o público nas provas. Vamos ver como ele vai se comportar saindo de um estádio, fechado, distante do público, para competir no calor da torcida carioca. Será um momento histórico”, ressalta Duda Magalhães, diretor geral da Dream Factory, empresa que organiza o Mano a Mano juntamente com a X3M Sports.

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook