Quênia manda três campeões mundiais juvenis para competir no GP Caixa Unifor em Fortaleza | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Quênia manda três campeões mundiais juvenis para competir no GP Caixa Unifor em Fortaleza

David Mutinda Mutua: campeão mundial juveniol nos 800 m / Foto: Getty Images/IAAFSão Paulo - A Confederação Brasileira de Atletismo anunciou na última quarta-feira, dia 13 de Abril, a vinda de três das mais promissoras revelações do esporte-base nos últimos anos, para a disputa do Grande Prêmio Caixa Unifor.

O evento será realizado em Fortaleza, no próximo dia 11 de maio e será o primeiro dos cinco Meetings internacionais que a CBAt realizará no mês que vem. A competição integra o Brazilian Athletics Tour 2011, principal circuito do Atletismo latino-americano.

Estes três nomes vêm do Quênia, país africano famoso por ter os melhores corredores de média e longa distância do mundo. Eles foram campeões do Mundial de Juvenis, realizado pela IAAF na cidade de Moncton, na Canadá, no ano passado: David Mutinda Mutua, David Kiprotich Bett e Purity Cherotich Kirui.

- David Mutinda, 19 anos, ganhou ouro nos 800 m no Mundial e tem 1:45.90 como recorde pessoal.
- Já David Kiprotich Bett, 18 anos, ganhou os 5.000 m em Moncton e tem 13:06.06 na distância.
- E Purity Kirui, 19 anos, ganhou os 3.000 m com obstáculos femininos no Canadá e seu melhor tempo na prova é 9:36.34.

Outra atração queniana é o ganhador da medalha de bronze no Mundial de Cross Country disputado em 2010 na Polônia, Japhet Kipyegon Korir. Ele tem apenas 17 anos e em Fortaleza disputará os 5.000 m, prova em que já marcou 13:19.43.

Nome importante confirmado nesta quarta também foi o fundista Bernard Mbugua (Quênia), de 26 anos, 14º do mundo nos 3.000 m com obstáculos, na categoria principal, com a forte marca de 8:16.22. Entre os adversários terá seu colega de equipe, Bisluke Kipkorir Kiplagat, de 23 anos, 17º do mundo, com 8:16.68. Ainda do Quênia, Reuben Bett, virá para correr os 800 m e tem como recorde pessoal 1:45.19.

Além dos quenianos, a organização também anunciou a vinda da jamaicana Korene Hinds, caso raro de fundista de expressão no país caribenho, conhecido por revelar grandes velocistas. Korene tem 9:32.20 nos 3.000 m com obstáculos e na prova, o público que comparecer ao Estádio da Unifor poderá ver a etíope Birtukan Fente Alemu, de 21 anos, que tem 9:39.67.

O GRANDE PRÊMIO CAIXA UNIFOR 2011, que chega à 7ª edição, é uma realização da CBAt, patrocinada pela Caixa Econômica Federal e pela Universidade de Fortaleza.

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook