São Paulo vence o Brasileiro Caixa de Juvenis | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

São Paulo vence o Brasileiro Caixa de Juvenis

Letícia e Vitor Hugo, os melhores / Foto: Wagner Carmo / CBAt

São Paulo - A seleção de São Paulo confirmou o seu amplo favoritismo e conquistou mais um título do Campeonato Brasileiro Caixa de Juvenis de Atletismo, encerrado neste domingo (dia05), na Arena Caixa, em São Bernardo do Campo (SP). A equipe paulista assegurou 60 medalhas (26 de ouro, 17 de prata e 17 de bronze).

Na classificação final do quadro de medalhas, Rio de Janeiro ficou em segundo lugar, com 14 medalhas (5 de ouro, 4 de prata e 5 de bronze), seguido de Santa Catarina, com 15 de medalhas (três de ouro, cinco de prata e sete de bronze).
 
Nas provas desta tarde de domingo, Luís Gustavo Aguiar da Silva (SP) era só felicidade. Além de ganhar a medalha de ouro no lançamento do martelo, ele obteve a qualificação para o Campeonato Pan-Americano de Edmonton, novo recorde do torneio e novo recorde brasileiro da categoria até 19 anos, com a marca de 68,50 m, obtida na quinta tentativa.
 
"Para ser bem sincero, consegui uma marca além da que esperava. Queria meu recorde pessoal e o índice (67,76 m), e acabei levando um resultado melhor", admitiu o paulista de Praia Grande, que superou os recordes do torneio e o brasileiro, que eram de Allan Wolski, com 66,42 m e 66,72 m, respectivamente, desde 2009. "Foi o melhor presente de aniversário que poderia esperar", completou o lançador, que completa 19 anos na próxima sexta-feira (dia 10).
 
Outro que assegurou a marca mínima no último dia do prazo fixado pela CBAt foi Gustavo Barros de Souza (GO), que venceu os 10.000 m, com o tempo de 31:23.34, comemorando muito o resultado no final de tarde fria de São Bernardo.
 
Já Hellerson Pereira da Costa (SP) ratificou o índice no decatlo. Ele venceu a especialidade, com 7.176 pontos, superando novamente os 7.120 exigidos para o Canadá. Seu recorde pessoal é de 7.211 pontos, obtidos no Sul-Americano de Cuenca, no Equador, em maio.
 
Descanso não faz parte da pauta dos classificados para o Pan-Americano de Edmonton. Mesmo os que não conseguiram os títulos da competição. Pedro Roberto da Palma Junior, por exemplo, terminou em quarto lugar neste domingo, mas levou a vaga assegurada antes. "Estou treinando bem, mas meu objetivo é um pouco mais para frente", disse o corredor.
 
Nos 200 m, Vitor Hugo dos Santos, campeão dos 100 m neste sábado, venceu também os 200 m, com 20.82 (0.4 de vento a favor). Não conseguiu o índice na especialidade. "O frio atrapalhou muito. Tenho a marca nos 100 m e estou contente por ir ao Canadá", disse o carioca, que correu de luvas e de camiseta de mangas compridas debaixo do uniforme. "Aqueci bem, mas não deu para manter o aquecimento", completou, que disputou a final sob 14 graus de temperatura.
 
Outros atletas não venceram, mas garantiram vaga, como o gaúcho Samory Fraga, medalha de prata no salto em distância, 7,40 m (1.0), mas que lidera o Ranking Brasileiro, com 7,77 m (0.0). "Não foi um dia bom. Voltei quarta-feira da Alemanha, mas agora terei tempo para treinar para o PAN", disse.
 
Os melhores - A comissão de treinadores eleita no Congresso Técnico do evento, na última sexta-feira, elegeu o carioca Vitor Hugo dos Santos, campeão dos 100 e dos 200 m, e a paulistana Letícia Cherpe de Souza, ouro nos 400 m, como os melhores atletas da competição
 
Pódios da quarta e última etapa
 
200 m (0.4)
1-Vitor Hugo dos Santos (RJ) - 20.82 
2-Aliffer Junior dos Santos (MT) - 21.06 
3-Derick de Souza Silva (RJ) - 21.08
 
Lançamento do martelo
1-Luís Gustavo Aguiar da Silva (SP) - 68,50 m (RB) 
2-Jair Pacentchuk Junior (PR) - 61,51 m 
3-Alencar Chagas Pereira (SP) - 61,19 m
 
Salto em altura
1-Victoria Nieradka Violante (PR) - 1,70 m 
2-Marta Pereira da Rocha (SP) - 1,67 m 
3-Jenifer Nicole Vieira Norberto (MG) - 1,67 m
 
200 m (1.1)
1-Tabata Vitorino de Carvalho (PR) - 23.99 
2-Mirna Marques da Silva (SP) - 24.22 
3-Evelyn Oliveira de Paula (RJ) - 24.40
 
Salto em distância
1-Kelves Aparecido dos Santos (SP) - 7,56 m (1.6)
2-Samory Fraga (RS) - 7,40 m (1.0) 
3-Eberson Matucari Silva (MT) - 7,22 m (1.5)
 
Arremesso do peso
1-Amanda Mera Scherer (SC) - 13,72 m 
2-Eliana Arruda Bandeira (CE) - 13,25 m 
3-Marcia Henkels (SC) - 13,02 m
 
800 m
1-Luiz Fernando Silva Pires (SP) - 1:49.98 
2-Lucas Rosário da Silva (SP) - 1:50.08 
3-Rodrigo Valério Silva (SP) - 1:52.61 
 
3.000 m com obstáculos
1-Thayna Silva de Melo (RJ) - 11:45.48 
2-Evellin Lanca dos Passos (SP) - 11:57.50 
3-Hellen Katheen dos Santos (SP) - 12:12.49
 
4x400 m
1-São Paulo (Leticia Soares, Sarah Leandro, Daysiellen Dias e Letícia Souza) - 3:40.64
2-Rio de Janeiro (Ana Carolina Marcusso, Stephanie Guimarães, Tiffani Marinho e Marlene Santos) - 3:51.76 
3-Minas Gerais (Sarah Paula, Iracema Apolinário, Ingrid Ellen da Silva e Alessandra Candido) - 3:59.70 
 
4x400 m
1-São Paulo (Vitor Hugo de Miranda, João Paulo de Souza, Alexsandro Vitorino e Pedro Roberto da Palma Junior) - 3:14.95
2-Mato Grosso (Vitor Matos Centeno, Aliffer Junior dos Santos, Matheus Assis e Douglas Thiago Silva) - 3:17.61 
3-Santa Catarina (Willian Deschamps, Iago Barbosa da Cunha, Falckner Alves e Fábio de Oliveira) - 3:23.81 
 
10.000 m
1-Gustavo Barros de Souza (GO) - 31:23.34 
2-Patrick Aguinaldo Barbosa (SC) - 31:53.56 
3-Felipe Rocha e Pinto (SP) - 32:17.05 
 
Decatlo 
1-Hellerson Pereira da Costa (SP) - 7.176
2-Felipe dos Santos Rodrigues (PR) - 6.528
3-Jean Carlos Barbosa (SC) - 6.319


Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook