Apenas dois brasileiros passam no 1º dia do Grand Prix Brasil | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Apenas dois brasileiros passam no 1º dia do Grand Prix Brasil

Alex Tjong venceu o escocês Alistair Casey por 3 sets a 0  / Foto: Marcello Dias

Rio de Janeiro - O primeiro dia do Yonex Grand Prix Brasil de Badminton, que está sendo realizado no ginásio de desportos da Aeronáutica, no Campo dos Afonsos, foi todo da categoria simples masculina.
 
E em 17 jogos, dois brasileiros conseguiram avançar de fase, juntando-se a outros três representantes do país, que já estavam previamente classificados. Alex Tjong venceu o escocês Alistair Casey por 3 sets a 0 (11/8, 11/6 e 11/6) e Luiz Martinez nem precisou entrar em quadra, pois seguiu adiante no torneio após um W.O do norte-americano Agusriadi Amphie.
 
Segundo melhor brasileiro no ranking da competição, Alex Tjong não escondeu a felicidade de começar bem o GP. Mas não perde o foco, pois nesta quarta-feira (06.08) terá três jogos pela frente.
 
“Fico muito feliz com a vitória de hoje. É sempre bom começar um torneio vencendo e sem perder nenhum set. Já esperava um jogo difícil, até mais complicado. Mas consegui ditar meu ritmo e errar pouco. Isso é fundamental no badminton, ainda mais com a nova pontuação, de 11 pontos por parcial. Foi bom, mas não posso relaxar. Amanhã tem mais. Jogarei pela simples masculina, pelas duplas masculinas e pelas duplas mistas”, analisou o brasileiro, esclarecendo que são preparados para aguentar tantos jogos num dia.
 
“Chega a ser comum para nós competirmos assim. Como precisamos pontuar no ranking, disputamos as três categorias. Em alguns torneios chegamos a jogar sete vezes num dia”.
 
Sobre o adversário que terá pela frente nesta quarta, o belga Maxime Moreels, Alex Tjong espera levar a melhor numa espécie de tira-teima.
 
“Já jogamos duas vezes. Na primeira, ele venceu, mas devolvi na segunda. Conheço a maneira como ele gosta de jogar e vou para cima”.
 
Entre os estrangeiros que brilharam no primeiro dia do Yonex Grand Prix Brasil de Badminton, um mereceu destaque. O guatemalteco Kevin Cordon, que já foi o sexto melhor do mundo, está retomando a carreira após uma grave lesão no joelho e espera um grande resultado no Rio de Janeiro.
 
“É a primeira vez que temos uma Grand Prix no Brasil. Os eventos mais fortes da região acontecem no Canadá e Estados Unidos. Ter mais uma competição é muito importante. Também vejo como uma ótima oportunidade para o país, pois funciona como um evento teste. Agora busco meu retorno para as Olimpíadas. Vou disputar o máximo de competições em busca de uma boa colocação no ranking. Quero estar no Rio em 2016”, disse Kevin.
 
Nesta quarta serão realizadas 39 partidas, das cinco categorias (simples masculino e feminino, duplas masculinas e femininas, além das duplas mistas). Os jogos começam a ser disputados às 10h. 
 
A tabela completa da competição está acessível no link:
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook