Charles Correa e Anderson Oliveira não avançam na canoagem slalom

Brasileiros do C2 fazem bom tempo, mas penalidade deixa dupla fora da final / Foto: Flavio Florido/Exemplus/COBBrasileiros do C2 fazem bom tempo, mas penalidade deixa dupla fora da final / Foto: Flavio Florido/Exemplus/COB

Rio de Janeiro - A dupla brasileira da canoa (C2), na canoagem slalom, esteve muito perto de alcançar a final da competição, nesta quinta-feira, dia 11. Uma penalidade de seis segundos, porém, atrapalhou bastante e fez com que o tempo de Charles Correa e Anderson Oliveira ficasse aquém dos demais.
 
Assim, os brasileiros fizeram apenas o 11º tempo e, por conta de 23 centésimos a mais, ficaram de fora dos dez primeiros que se classificaram para a final da categoria nos Jogos Olímpicos Rio 2016.
 
"É claro que a gente sempre quer fazer o melhor, mas não estou triste, e sim orgulhoso. Foram os nossos primeiros Jogos Olímpicos e conquistamos o melhor resultado brasileiro da categoria", comentou Anderson.
 
Com a desclassificação da dupla, a canoagem slalom brasileira se despede dos Jogos com resultados inéditos, como o 11º lugar da C2 e o 6º lugar de Pedro Gonçalves, no caiaque individual (K1).
 
"Competimos com os maiores do mundo aqui e alguns deles falaram que a canoagem slalom no Brasil cresceu bastante nos últimos anos. É isso, continuar em frente, mês que vem já tem outra competição", completou Charles.

Veja Também: