Colombiana confirma favoritismo no ciclismo BMX e conquista o bi

Mariana Pajón é a primeira atleta de seu país dona de dois ouros nos Jogos Olímpicos / Foto: David Ramos/Getty ImagesMariana Pajón é a primeira atleta de seu país dona de dois ouros nos Jogos Olímpicos / Foto: David Ramos/Getty Images

Rio de Janeiro - Favorita ao ouro na prova feminina do ciclismo BMX dos Jogos Rio 2016, a colombiana Mariana Pajón correspondeu às expectativas e venceu a prova realizada nesta sexta (19) no Centro Olímpico de BMX. No masculino, o vencedor das disputas foi o americano Connor Fields. 
 
Pajón, de 24 anos, é primeira bicampeã Olímpica da prova, já que ganhou o ouro também em Londres 2012. No Rio, a colombiana completou a final em 34s093, à frente da americana Alise Post, que marcou 34s435, e da venezuelana Stefany Hernandez, que levou o bronze com 34s755. 
 
“Essa é a melhor sensação. É incrível. Ganhar dois ouros é inacreditável. Fiz uma boa prova e me senti em casa com tantos colombianos me apoiando na arquibancada. Eles me deram muita energia”, comentou a colombiana.
 
No masculino, o ouro foi para o americano Connor Fields, que completou a prova em 34s642. A prata ficou com Jelle van Gorkom, dos Países Baixos, que marcou 35s316 e o bronze com o colombiano Carlos Alberto Yepes, que marcou 35s517. Bicampeão da prova e favorito ao ouro no Rio 2016, o letão Maris Strombergs envolveu-se em um acidente e caiu na primeira fase.

Veja Também: