Colômbia vence a Copa América de Bicicross 2011

Augusto Castro conseguiu a terceira vitória de estrangeiros no torneio. A brasileira Bianca Quinalha ganhou no feminino / Foto: Marcio Kato /MBraga ComunicaçãoAugusto Castro conseguiu a terceira vitória de estrangeiros no torneio. A brasileira Bianca Quinalha ganhou no feminino / Foto: Marcio Kato /MBraga ComunicaçãoIndaiatuba (SP) - A disputa entre brasileiros e estrangeiros no número de títulos da Copa América de Bicicross está empatada. O responsável por isso foi o colombiano Augusto Castro, de 24 anos, que ganhou a sexta edição da competição, realizada neste domingo, no Parque Ecológico de Indaiatuba, interior de São Paulo. Diante de mais de duas mil pessoas, o piloto venceu a bateria final com o tempo de 33seg033, garantindo o terceiro título de estrangeiros.

 

Em segundo lugar ficou o brasileiro Renato Rezende, de Paulínia (SP), vencedor em 2010, com 33seg234, enquanto o argentino Ramiro Marino, bicampeão da prova, foi o terceiro, com 33seg236. A Brasileira Bianca Quinalha, de Sorocaba (SP), ganhou no feminino, com 33seg308.

Após cinco anos em Paulínia, a Copa América de Bicicross realizou sua primeira edição em Indaiatuba. E a estreia não poderia ser melhor, com grande público presente à pista do Parque Ecológico, que não deixou de incentivar os participantes e torcer pelos brasileiros. Até mesmo o forte calor que marcou os últimos dias deu uma trégua para pilotos e público, com uma temperatura mais agradável na manhã deste domingo. "Foi uma grande estreia e que agradou a todos", destacou Thadeus Kassabian, diretor de operações da Yescom, organizadora da prova.

Na briga pelo título, o traçado mais rápido de Indaiatuba deu uma nova dinâmica à disputa. A presença de grandes nomes do esporte no Continente Americano aumentou ainda mais o nível técnico, deixando difícil qualquer previsão de vencedor. Ao longo das baterias finais, os destaques começaram a despontar, como o argentino Ramiro Marino, os brasileiros Renato Rezende, Deivlim Bathazar, e Hugo Osteti, além dos colombianos Augusto Castro e Fabian Hernandes.

Na bateria final, que contou com presença das grandes feras do evento, quando todos esperavam o duelo entre Rezende e Marino, Augusto Castro levou a melhor sobre ambos, conseguindo sua primeira vitória na Copa América de Bicicross. "Trata-se de uma prova de alto nível técnico e muito bem organizada. Desta forma, não poderia estar mais feliz com o resultado. A bateria final, com tantos destaques, mostra bem a força do evento e a importância deste resultado", enfatizou o campeão, natural da cidade de Medellin.

Augusto destacou que a vitória é o primeiro passo rumo à classificação para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. "Não tenho dúvidas que é um passo importante, pois me dará ainda mais motivação para seguir trabalhando em busca deste objetivo. Adorei o convite para estar aqui e sempre que puder voltarei", encerrou.

O brasileiro Renato Rezende queria o bicampeonato, como era de se esperar. Mas não saiu triste de Indaiatuba. "Queria ganhar, o que é normal. Mas este segundo lugar tem sabor de vitória em razão da força do evento. Esta pista é perfeita para pilotos de força e não para mim que sou mais técnico. Agora vamos focar na preparação que faremos na Europa visando conseguir uma vaga em Londres", declarou.

Feminino

Entre as mulheres, Bianca Quinalha, de apenas 17 anos, sobrou na prova. Ela fez o melhor tempo no sábado, quando ocorreram as tomadas de tempo, foi a mais rápida nas semifinais, e ainda venceu a competição pela primeira vez. "Depois de ter ido bem, acabei errando na largada da bateria final. Felizmente consegui me recuperar e vencer aqui", explicou a campeã, que completou sua terceira participação na Copa América de Bicicross.

Integrante da equipe nacional, ela seguirá para a fase de treinamento na Suíça, visando obter pontos para Londres e, de imediato, a participação no Mundial de Dinamarca, marcado para julho, em Compenhague. "Vamos participar dos provas que contam pontos e tentar garantir a presença nos Jogos de 2012", finalizou a piloto.

Resultados

Masculino

1) Augusto Castro (COL), 33seg033;

2) Renato Rezende (BRA), 33seg234;

3) Ramiro Marino (ARG), 33seg236;

4) Deivlim Balthazar (BRA), 33seg642;

5) Fabian Hernandes (COL), 34seg839;

6) Edson de Carvalho (BRA), 34seg997;

7) Ademir da Silva Junior (BRA), 35seg808;

8) Hugo Osteti (BRA), 37seg529;

Feminino 

1) Bianca Quinalha (BRA), 33seg308;

2) Joanna Correa (BRA), 34seg110;

3) Thaynara Chaves, 34seg231;

4) Priscilla Carnaval (BRA), 35seg142;

5) Naiara Silva (BRA), 35seg187;

6) Thaise Lanusa Ribeiro (BRA), 35seg439;

7) Laís Santana (BRA), 36seg238;

8) Caroline Coelho (BRA), 37seg539

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Curta - EA no Facebook