Yacht Club de Ilhabela reúne velejadores para abertura da temporada 2013

Ginga,absoluto na HPE / Foto: Aline Bassi / Balaio Ginga,absoluto na HPE / Foto: Aline Bassi / Balaio

Ilhabela - O primeiro encontro dos principais velejadores de oceano do País será na abertura da Copa Suzuki Jimny, marcada para o sábado (13). Para dar boas vindas e colocar o papo em dia, o Yacht Club de Ilhabela (YCI) convida os sócios, atletas, árbitros e amigos da vela oceânica para uma happy hour após as primeiras regatas do circuito. A tradicional canoa de cerveja e os petiscos serão servidos para todos os participantes. A ideia do encontro é projetar o ano de 2013, que terá outros eventos de nível internacional, como a 40ª edição da Rolex Ilhabela Sailing Week.
 
E são dessas reuniões informais no YCI que saem as principais ideias da vela oceânica nacional. Foi assim, por exemplo, com HPE, C30 e S40. Além disso, nas competições promovidas pelo clube, ícones do esporte brasileiros testam suas habilidades e evolução na categoria.
 
São esperados mais de 40 barcos para a etapa inicial da Copa Suzuki Jimny, uma das maiores do País na modalidade. As classes HPE, C30, ORC e RGS (A,B,C e Cruiser) foram convidadas. O Aviso de Regata já está disponível no site www.yci.com.br.
 
As inscrições custam R$ 80,00/tripulante (exceto Tripulante-Mirim, que é isento da taxa de inscrição) e devem ser feitas até a véspera da regata inicial. A organização informa também que a estadia no YCI para os veleiros que não são da cidade está liberada a partir do dia 6 de abril.
 
Como foi em 2012 - Em 2012, a maioria dos campeões da Copa Suzuki Jimny só foi conhecida após as regatas finais. Foram mais de 30 regatas válidas durante o ano. O lugar mais alto do pódio na HPE ficou com o Ginga (Breno Chvaicer) pela terceira temporada seguida. Na C30, o TNT Loyal (Marcelo Massa) ficou com o ouro. Entre as categorias que precisam de rating, como a ORC, o melhor desempenho foi do Touché (Ernesto Breda), que fez sua última apresentação em águas brasileiras. Na RGS A, o Fram (Felipe Aidar) foi bicampeão. Na B, o Nomad (Mauro Dottori) saiu vencedor após quatro etapas. E na Cruiser, o melhor do ano foi o Hélios II - Hospital Sírio Libanês (Marcos Lobo). A subdivisão com maior equilíbrio na temporada foi a C. O título ficou com o Rainha (Leonardo Pacheco).
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook