Instituto Olga promove nona edição de projeto de inclusão por meio do Karate

“Karate IX: Inclusão pelo Esporte” teve início em abril / Foto: Divulgação“Karate IX: Inclusão pelo Esporte” teve início em abril / Foto: Divulgação

São Paulo - O projeto “Karate IX: Inclusão pelo Esporte” tem como objetivo inserir pessoas com deficiência intelectual na sociedade por meio do esporte, além de desenvolver aspectos físicos e motores e aumentar a consciência corporal de seus participantes.
 
O projeto contempla 100 beneficiários sendo quatro turmas com 25 integrantes cada. As oficinas acontecem duas vezes por semana e tem uma hora de duração no Centro Social Nossa Senhora da Penha (CENHA), na cidade de São Paulo.   
 
“O ‘Karate IX: Inclusão pelo Esporte’ é importante para promover a melhoria de aspectos sociais, uma vez que há a integração com instrutores, colegas e familiares que acompanham a atividade junto com os participantes. Desta forma, é possível desenvolver conceitos como companheirismo, equipe, espírito de liderança, consciência sobre deveres e direitos", esclarece Olga Kos, vice-presidente do Instituto.  
 
Além da inclusão social, o projeto se preocupa em estimular o desenvolvimento do raciocínio e reflexos ensinando sobre o tempo de reação e tomada de decisão durante uma luta. O equilíbrio e a segurança emocional e psicológica também são trabalhados pelos instrutores. 
 
Parte das vagas é reservada para pessoas que não tem deficiência intelectual, mas que estão em situação de risco social e residem nos arredores do local onde a atividade é desenvolvida.
 
Veja Também: