Barcelona deixa Neymar mais perto de participar da Rio 2016

Depois de Londres 2012, seria a segunda participação de Neymar nos Jogos Olímpicos / Foto: Getty ImagesDepois de Londres 2012, seria a segunda participação de Neymar nos Jogos Olímpicos / Foto: Getty Images

Rio de Janeiro - O principal jogador brasileiro da atualidade está mais perto dos Jogos Rio 2016. Em nota oficial, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) comunicou nesta sexta-feira (8) o recebimento de uma carta do Barcelona, clube de Neymar, liberando o atacante para apenas um dos dois próximos torneios que a seleção brasileira tem pela frente: os Jogos Olímpicos Rio 2016 ou a Copa América. Na mesma nota, assinada pelo diretor de seleções, Gilmar Rinaldi, a CBF demonstra a intenção de fazer "todo o esforço possível" pela presença do jogador nas duas competições.
 
No entanto, o presidente do Barcelona, Josep Maria Bartolomeu, já havia adiantado que a possibilidade é remota. "Será muito difícil convencer o Barça de que Neymar tem que disputar os dois torneios, creio que será impossível", disse o dirigente, no início de abril, à imprensa brasileira. Em março, o jogador havia se pronunciado, deixando clara sua empolgação pelos Jogos.
 
"Tenho muita vontade de jogar, não só pela medalha de ouro inédita, que o futebol brasileiro não tem, mas por ser no meu país”, disse Neymar, em março.
 
O Barcelona não tem obrigação de liberar jogadores às seleções para a disputa dos Jogos Olímpicos (que não se encaixam nas "datas Fifa"), diferentemente do que acontece com a Copa América, que faz parte do calendário da Fifa. Mas, como o próprio Dunga havia sinalizado, a prioridade tende a ser  contar com Neymar nos Jogos Olímpicos Rio 2016.
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook