Brasil conquista título inédito por equipes na ginástica feminina

Seleção feminina levou o ouro em torneio amistoso preparatório para o Mundial de Stuttgart / Foto: Divulgação/CBGSeleção feminina levou o ouro em torneio amistoso preparatório para o Mundial de Stuttgart / Foto: Divulgação/CBG

Alemanha - Na final feminina disputada sábado (16), a Seleção Brasileira Feminina conquistou um resultado inédito, ao ficar com a medalha de ouro. O grande destaque individual da competição foi Rebeca Andrade, que terminou em primeiro em todos os aparelhos.
 
“A equipe teve uma ótima atuação, mas ainda não estamos com o time completo. Realizamos no sábado 12 rotinas e 11 delas sem quedas, mostrando maturidade e consistência para corrigir os erros cometidos na classificatória. Ficamos muito felizes com o resultado e essa conquista reforça que estamos seguindo no caminho certo”, afirmou um dos treinadores da Seleção feminina, Francisco Porath Neto.
 
Para a presidente da CBG (Confederação Brasileira de Ginástica), Luciene Resende, a participação da Ginástica Brasileira em Stuttgart foi histórica. “Estes resultados nos enchem de orgulho e satisfação, e nos dá energia para seguir trabalhando. Tenho certeza que muitas outras conquistas ainda estão por vir. Parabenizo a toda delegação, à Comissão Técnica, e em especial aos atletas. Agradeço ainda a parceria vitoriosa e sólida do nosso patrocinador Caixa, que acredita na Ginástica, e do apoio incondicional do COB”, afirmou.
 
A DTB Pokal Team foi um evento que teve a chancela da FIG (Federação Internacional de Ginástica), mas não contou pontos para o ranking que ajudará na classificação dos ginastas para a Olimpíada de Tóquio-2020. Ainda assim, foi considerado estratégico pela CBG para o planejamento da temporada, por acontecer na mesma sede do próximo Campeonato Mundial, em outubro.
 
Brasil na Copa do Mundo All-Around - A Ginástica brasileira esteve representada na etapa da Copa do Mundo Feminina All Around (Individual Geral), que também aconteceu neste domingo. O Brasil foi representado por Carolyne Pedro, que terminou a competição em nono lugar, com um total acumulado de 47,765 pontos.
 
A vencedora foi a americana Simone Biles, com 58,800, com a canadense Anne-Marie Padurariu em segundo (55,132) e a alemã Elisabeth Seitz em terceiro (54,399).
 
Segundo a treinadora da Seleção Brasileira, Iryna Ilyashenko, o grande objetivo para Carolyne nesta competição era adquirir experiência. “Ela pôde competir com a elite mundial, em um torneio muito difícil. Valeu como experiência e fez parte do planejamento dela para este ano”, afirmou.
 
A Ginástica Artística do Brasil volta a entrar em ação na próxima semana. Entre os dias 20 e 23, Diego Hypólito disputará a etapa da Copa do Mundo de especialistas em Doha (QAT). No dia 23, será a vez de Thais Fidélis participar da etapa da Copa do Mundo All-Around (Individual Geral), em Birmingham (ING).
 
Veja Também: