Pinheiros campeão da Liga Nacional de Handebol

Pinheiros campeão da Liga Nacional de Handebol / Foto: Daniel Vorley / ECPPinheiros campeão da Liga Nacional de Handebol / Foto: Daniel Vorley / ECP

São Paulo - Acostumado a sediar grandes eventos esportivo do cenário nacional, o Ginásio Henrique Villaboim presenciou mais uma conquista marcante na tarde deste domingo (11). 
 
Após disputar dois jogos contra o São Caetano, ficando com a vitória em ambos, a equipe masculina de handebol do Esporte Clube Pinheiros conquistou uma vaga na final, brigando pelo título contra a equipe do Taubaté. Com a casa cheia os dois times protagonizaram uma partida bem disputada que acabou com a vitória pinheirense por 21x20. 
 
Quatro equipes disputaram a “final four” da Liga Nacional de Handebol Masculino, entre sexta (09) e domingo (11): Pinheiros, Taubaté, Londrina e São Caetano. Em seu primeiro jogo contra o São Caetano, o Pinheiros saiu na frente vencendo com uma boa vantagem por 30x18 o que lhe deu ainda mais garra para o dia seguinte, onde enfrentou a equipe novamente e garantiu seu passaporte para a final com um segundo placar de 36x16. 
 
Do outro lado, o Taubaté tinha como adversário a equipe de Londrina e acabou superando-a no primeiro confronto por 37x27 e no segundo por 29x21. Com o resultado os dois times definiram como seria o confronto final em busca do título da Liga Nacional de Handebol 2018, que até o último ano estava com Pinheiros, que tem um bom histórico dentro do campeonato, já tendo chegado as finais por dez vezes e tendo conquistado sete títulos até o momento.
 
Mesmo após o seu terceiro dia consecutivo de disputa o handebol azul e preto entrou em quadra com força total. Com um placar equilibrado nos primeiros minutos de jogo, foi possível perceber que seria um jogo bem disputado e definido apenas nos minutos finais, tanto que o time da casa terminou o primeiro tempo com apenas três pontos de diferença sobre os adversários (12x09). 
 
Além do ginásio lotado que fez toda a diferença, motivando ainda mais os jogadores pinheirenses a irem em busca de mais um título, a defesa teve um papel fundamental na vitória, com o goleiro Marcos Paulo dos Santos, Marcão, mostrando que mesmo com 41 anos, 28 de carreira está em plena forma física e no auge da sua carreira.
 
“O Pinheiros está de parabéns com a equipe que tem, nós temos uma molecada nova que veio com tudo nesta competição também e nós mais velhinhos mostrando que ainda temos muito energia. Eu estou bem fisicamente, minha saúde está perfeita e depois de um jogo como o de hoje minha vontade de continuar jogando só aumenta. Acho que ainda tenho muita lenha para queimar”, brinca o goleiro.
 
Outro pinheirense veterano que teve um motivo a mais para comemorar a conquista foi o armador Fernando Pacheco Filho, o Zeba, que já havia anunciado sua aposentadoria após o fim do Campeonato e não poderia ter se despedido de forma melhor. 
 
“Enquanto rolava os últimos minutos de jogo ali eu parecia um adolescente ansioso, não conseguia ficar sentado, andava de um lado para o outro. É como se passasse um filme na minha cabeça. O Pinheiros é o time brasileiro que eu permaneci mais tempo jogando, aqui é a minha casa e eu não poderia ter terminado de maneira melhor, com este título. Eu já tenho alguns projetos engatilhados, nada totalmente definido ainda, mas com certeza continuarei ligado a modalidade”, comenta Zeba. 
 
Com o resultado o Pinheiros garantiu seu oitavo título da competição, sendo agora octacampeão da principal competição nacional da modalidade no país. 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook