Internacional de Adestramento agita Hípica Paulista visando os Jogos Mundiais 2018

Giovana Pass com Zingaro de Lyw / Foto: Luis RuasGiovana Pass com Zingaro de Lyw / Foto: Luis Ruas

São Paulo - Entre 5 e 8 de julho tem Concurso Internacional e Nacional de Adestramento na Sociedade Hípica Paulista (SP). O Grand Prix da série Internacional é válido como qualificativa técnica para os Jogos Equestres Mundiais 2018, a cada quatro anos a festa maior do hipismo mundial, que chega a sua 8ª edição em Tryon, na Carolina do Norte (EUA), entre 11 e 23 de setembro. O evento promete atrair amadores, jovens talentos e elite da modalidade. 
 
Formam o juri quatro juízes de nível 4*: a brasileira Claudia Mesquita, os argentinos Sandra Smith de Oliveira Martins e Cesar Lopardo Grana, o colombiano Cesar Torrente ao lado da juíza 5* norte-americana Janet Foy. Candidatos a uma vaga no Time Brasil devem atingir índice mínimo estabelecido pela FEI – Federação Equestre Internacional - de 66% de aproveitamento. Para o conjunto (cavalo e cavaleiro) se habilitar a uma vaga no Time Brasil de Adestramento é necessário registrar um mínimo de dois índices na nota média final e também necessariamente com juízes FEI 5*, desde que diferentes em cada Internacional.
 
Cinco conjuntos já têm índice para os Jogos Equestres Mundiais de Tryon: João Victor Marcari Oliva montando Xamã dos Pinhais soma cinco todos alcançados em Internacionais na Europa e Giovana Pass/Zíngaro de Lyw soma três índices conquistados no Brasil. Leandro Aparecido Silva montando Di Caprio tem dois índices, registrados no Brasil em 2017, e João Victor Oliva com Xiripiti TVF, tem quatro índices registrados na Europa em 2018,  e Pedro Tavares de Almeida montando Aoleo tem um, registrado no Brasil em 2018. 
 
Devem estar no picadeiro disputando a Big Tour do Internacional na corrida por uma vaga no Time Brasil Leandro Silva com Di Caprio, medalha de bronze por equipes no Pan 2015, o cavaleiro olímpico Pedro Tavares de Almeida com sua nova montaria Aoleo, Mauro Pereira Jr com Banzai AMM, a dupla olímpica Giovana Pass e Zingaro de Lyw, entre outros. A medalhista pan-americana Sarah Waddell e a amazona olímpica e medalhista pan-americana Luiza Tavares de Almeida prometem estar entre os tops do Small Tour do Internacional, entre outros, já de olho em uma vaga nos Jogos Pan-americanos 2019.
 
Concorrentes da série nacional também têm oportunidade de disputar as mesmas provas do Internacional e quadro de juízes com encargos menores. As inscrições fecham nessa terça-feira, 26/6.
 
Veja Também: 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

Rio 2016

Hortência dá conselhos ao filho:  "Vila Olímpica é disneylândia sexual"

{vimeo}152147861{/vimeo}

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook