Esquiva também nas quartas | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Esquiva também nas quartas

Pugilista vence na categoria peso médio e é mais um a estar a uma vitória da medalha/ Foto: COBPugilista vence na categoria peso médio e é mais um a estar a uma vitória da medalha/ Foto: COB

Londres- Depois de Robenilson de Jesus garantir uma vaga nas quartas de final na véspera, o boxe brasileiro tem mais um representante na fila para quebrar o jejum de medalhas em Jogos Olímpicos, que já dura 44 anos. Esquiva Florentino derrotou Soltan Migitinov, do Azerbaijão, por 24 a 11 pelas oitavas de final do torneio da categoria peso médio, na Arena ExCel, em Londres. O brasileiro enfrentará o húngaro Zoltan Harcsa pelas quartas, na próxima segunda-feira, 6 – se vencer, já tem garantido, no mínimo, um bronze.
 
Esquiva teve um início avassalador no combate. Logo no primeiro minuto, o brasileiro acertou duas sequências de golpe recebidas com entusiasmo por uma arena lotada. Com bom jogo de pernas, que lhe dava muita movimentação pelo ringue, Esquiva alcançou uma vitória incontestável no primeiro assalto por 8 a 3. Com a grande vantagem, o pugilista brasileiro passou a sofrer os ataques do azeri, mas com uma guarda eficiente e contra-ataques precisos ampliou ainda mais o placar, fechando a luta em 24 a 11.
 
Após o combate, Esquiva revelou que a vitória começou a ser desenhada fora do ringue. “Acompanho todos os duelos do torneio e percebi que dificilmente o vencedor do primeiro round não ganha a luta. É difícil ter virada neste formato”, disse Esquiva. “Para mim, ganhar o primeiro assalto e livrar a maior vantagem possível era fundamental”.
 
Antes do combate, o brasileiro ainda recebeu uma notícia surpreendente: cabeça-de-chave número um e provável adversário caso Esquiva chegue à semifinal, o ucraniano Ievgen Khytrov, campeão mundial da categoria, foi derrotado pelo britânico Anthony Ogogo, diante de uma multidão em êxtase. “O Ogogo teve seus méritos e isso mostra que o torneio está muito forte”, disse, antes de revelar preocupação com as quartas. “Primeiro, tenho que pensar em vencer o húngaro, se não nada disso adianta. Nossa equipe tem alguns vídeos dele e vamos estudar a estratégia que adotaremos. Agora, falta apenas um passo para a medalha”.

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook