Morten Soubak continuará no comando da Seleção feminina de Handebol após Londres | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Morten Soubak continuará no comando da Seleção feminina de Handebol após Londres

Treinador vem fazendo um bom trabalho na seleção / Foto: Cinara Piccolo / Photo&Grafia

São Paulo - Um incentivo a mais para a Seleção Feminina de Handebol, que vai em busca da medalha inédita nas Olimpíadas de Londres, com disputas da modalidade entre 28 de julho e 11 de agosto. A Confederação Brasileira (CBHb) anunciou nesta terça-feira (10) que o atual técnico, Morten Soubak, continuará no comando da equipe durante o próximo ciclo olímpico, visando, principalmente, aos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016. Um resultado positivo nos Jogos Olímpicos deste ano dará um impulso ainda maior para o futuro da modalidade no Brasil. 

O treinador, que assumiu o posto em 2009, tem grande aprovação de jogadoras e técnicos do País e vem contribuindo para o crescimento da modalidade. Em 2011, além de comandar a Seleção na conquista do ouro nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, o dinamarquês levou à equipe ao quinto lugar inédito no Mundial, disputado em casa, em São Paulo. Morten comemorou e agradeceu a oportunidade de dar sequência ao trabalho que vem sendo realizado. "Sempre foi e continuará sendo uma honra e um prazer para mim estar à frente da seleção principal do Brasil. Estou muito feliz com mais essa oportunidade dada pelo Manoel Luiz (presidente da CBHb)."
 
As Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016, serão o grande objetivo do próximo ciclo. "É um sonho e um desafio. Vamos entrar para brigar por medalha e temos tudo para conseguir", destacou o dinamarquês. "Temos jogadoras talentosas à disposição, com possibilidade de formar um equipe de qualidade, mantendo a base da seleção atual e acrescentando as meninas das seleções júnior e juvenil. Daqui quatro anos, muitas delas, por seu desenvolvimento pessoal, estarão prontas para assumir uma posição importante. Nossa equipe, hoje, tem uma boa mistura de idade, com jogadoras experientes, na faixa dos 30 anos, um grupo intermediário e outro no início dos 20. Esse equilíbrio nos dá uma perspectiva muito boa para darmos sequência ao trabalho que já vem sendo realizado", completou.
 
O presidente da CBHb, Manoel Luiz Oliveira, elogiou Morten Soubak. "A avaliação que fazemos é muito positiva. Ele tem nosso reconhecimento, as atletas apoiam sua permanência e gostam de seu trabalho. É um treinador que está sempre em contato com o handebol em diversos locais do Brasil, trabalhando em conjunto com os outros técnicos." O dirigente também falou sobre a estrutura do handebol no País. "Não temos porque fazer grandes mudanças e sim aperfeiçoar o que já vem sendo realizado, por exemplo com a consolidação do Centro Nacional de Treinamento, em São Bernardo. O espaço será importante para lapidarmos novos talentos. Estar no degrau mais alto do pódio nas Olimpíadas do Rio é o nosso grande objetivo," disse Manoel Luiz.
 
Fase final de preparação - o técnico e as jogadoras convocadas embarcam nesta quarta-feira (11) rumo à Europa, em voo marcado para sair as 21h55 (TAM JJ8070) do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. Antes do embarque, às 19h45, o grupo atenderá à imprensa. As exceções são a goleira Chana e a armadora Deonise, que já estão no velho continente.
 
Essa será a fase final de preparação das brasileiras antes das Olimpíadas. O Brasil chega à Alemanha no dia 12 à noite e fará dois amistosos contra a seleção local nos dias 13 e 14, às 19h (horário local). No dia 15, a Seleção viaja para a Holanda, onde terá programação de treinos. De lá, a equipe segue diretamente para Londres no dia 23. No dia 25, três dias antes de estrearem nas Olimpíadas, as comandadas de Morten Soubak fazem amistoso contra a Suécia. "Agora o que falta são detalhes. Ainda temos que acertar mais nossa defesa 5-1 e outra prioridade serão os contra-ataques. Vamos pensar em alternativas para apresentar durante as partidas e surpreender os adversários", comentou o treinador.
 
Seleção Brasileira
 
Goleiras
Chana Franciela Masson (CHANA) - Randers HK/Dinamarca
Mayssa Pessoa (MAYSSA) - Issy Paris Hand/França
 
Armadoras-direita
Deonise Fachinelo Cavaleiro (DEONISE) - Hypo/Áustria
Francine Camila Gomes de Moraes (FRAN) - Hypo/Áustria
Silvia Helena Araújo Pinheiro (SILVIA) - Toulon/França
 
Armadoras-esquerda 
Eduarda Amorim (DUDA) - Györi Audieto KC/Hungria 
 
Centrais
Ana Paula Rodrigues (ANA PAULA) - Hypo/Áustria
Mayara Fier de Moura (MAYARA) - Hypo/Áustria
 
Pontas-direita
Alexandra Priscila Nascimento (ALÊ) - Hypo/Áustria
Jéssica da Silva Quintino (JÉSSICA) - A.D. Blumenau/Santa Catarina
 
Pontas-esquerda
Fernanda França da Silva (FÊ) - Hypo/Áustria
Samira Pereira da Silva Rocha (SAMIRA) - Hypo/Áustria
 
Pivôs
Daniela de Oliveira Piedade (DANI PIEDADE) - Krim Ljubljana/Eslovênia
Fabiana Carvalho C. Diniz (DARA) - Hypo/Áustria
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook