Duda Miccuci e Luisa Borges terminam em 13° lugar

Brasileiras arriscam na rotina livre, mas não conseguem vaga na final / Foto: Washington Alves/Exemplus/COBBrasileiras arriscam na rotina livre, mas não conseguem vaga na final / Foto: Washington Alves/Exemplus/COB

Rio de Janeiro - Foi por apenas uma posição. Duda Miccuci e Luisa Borges encerraram sua participação na prova de dueto do nado sincronizado na 13ª colocação e ficaram fora da final. As brasileiras atingiram a média de 167.3341 pontos nas provas de rotina técnica e livre, disputadas no Centro Aquático Maria Lenk. 
 
Na rotina técnica, realizada nesta segunda-feira, 15 de agosto, a dupla estava afinada com a composição da batucada de Carlinhos Brown para o tema capoeira, e o figurino chamou atenção. Foram avaliados os quesitos execução, impressão artística e elementos, mas a nota final 83.3008 não foi satisfatória para a classificação. No dia anterior, as atletas somaram 84.0333 pontos na apresentação Amazônia do dueto livre.
 
“No domingo, terminamos a classificação em 13°. Então, para a prova técnica, arriscamos ao máximo. Estávamos bem sincronizadas e saímos com a sensação de dever cumprido”, disse Duda.
 
“A coreografia fluiu bastante. Conseguimos completar a nadada 100%. Vamos focar para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 e treinar cada vez mais para conquistar uma vaga na final”, afirmou Luisa.
 
A partir de quinta-feira, 18 de agosto, às 13h (horário de Brasília), a seleção brasileira de nado sincronizado disputa a competição por equipes.

Veja Também: