Jovem de Cingapura supera Phelps nos 100m borboleta

Joseph Schooling impôs ao astro americano sua primeira derrota em finais nos Jogos Rio 2016 / Foto: Adam Pretty/Getty ImagesJoseph Schooling impôs ao astro americano sua primeira derrota em finais nos Jogos Rio 2016 / Foto: Adam Pretty/Getty Images

Rio de Janeiro - Foram necessários sete dias, mas enfim alguém parou Michael Phelps na piscina do Estádio Aquático Olímpico. O autor do feito, porém, foi um tanto quanto improvável. Joseph Schooling, de Cingapura, de apenas 21 anos, foi mais rápido que o americano, bateu o recorde Olímpico na prova dos 100m borboleta e conquistou o primeiro ouro da história de seu país. 
 
Dono do melhor tempo nas eliminatórias e nas semifinais, Schooling assombrou o mundo nadando para 50s39 na final, deixando para trás nomes como Phelps, o sul-africano Chad le Clos e o húngaro Laszlo Cseh, que tiveram um empate triplo com 51s14 e dividiram a prata. 
 
Foi a primeira final em que Phelps não saiu com o ouro nos Jogos Rio 2016. O maior medalhista da história ganhou os 200m medley, os 200m borboleta e os revezamentos 4x100m e 4x200m livre. 
 
“Ele mostrou que era o mais preparado. É claro que não fico satisfeito, pois queria uma vitória em minha última prova individual, mas tenho que aceitar. Meu tempo não foi bom, tinha que ter sido mais rápido para vencer. Mas é mais uma medalha para minha coleção agora vou me preparar para o revezamento”, disse Phelp, ao fim da prova. 
 
O nadador americano volta à piscina neste sábado (13), dia da despedida da natação dos Jogos, para sua última prova, a final do revezamento 4x100m medley.

Veja Também: