Felipe Wu inicia busca por vaga no Mundial de tiro esportivo

Medalhista olímpico disputa neste fim de semana primeira etapa da Copa do Mundo da modalidade / Foto: Aline Bassi/Balaio de IdeiasMedalhista olímpico disputa neste fim de semana primeira etapa da Copa do Mundo da modalidade / Foto: Aline Bassi/Balaio de Ideias

Índia - Depois de brilhar nos principais eventos do calendário mundial de 2016 em sua modalidade, Felipe Wu está de volta e pronto para mais uma disputa da Copa do Mundo de Tiro Esportivo. No ano passado, o brasileiro venceu duas etapas, em Bangkok (Tailândia) e Baku (Azerbaijão), e a partir de sexta-feira (24) disputa contra atletas de alto nível a etapa de Nova Deli (Índia). 
 
"Neste ano serão 3 etapas, competições que podem ser consideradas um caminho importante rumo ao Mundial de 2018. Infelizmente neste ano não estou me dedicando exclusivamente ao esporte, como em 2016, mas tenho treinado bastante, mesmo com a rotina puxada da faculdade, e acredito que tenho chances de ter bons resultados", contou o atirador, que estuda engenharia aeroespacial. 
 
Os desafios no início do novo ciclo olímpico são muitos. Além dos estudos, desde o final dos Jogos Olímpicos, o brasileiro e demais atletas seleção brasileira da modalidade estão sem treinador. "Isso interfere bastante na preparação, é muito importante ter alguém acompanhando os treinos e aconselhando. Mas espero conseguir manter os resultados que tenho feito e talvez me classificar para a final, contou o atleta, que estreou na temporada 2017 competindo na Alemanha e também na Holanda, onde faturou 3 medalhas. 
 
Sobre o medalhista olímpico - Neto de chineses e filho de atiradores, Felipe Wu entrou para a história do esporte brasileiro ao romper um jejum histórico de 86 anos sem medalha olímpica para o País no tiro esportivo, conquistando a prata nos Jogos do Rio 2016. O atirador, especialista na pistola de ar de 10 metros, também foi campeão dos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015 na categoria. O atleta ainda tem entre suas conquistas medalhas de ouro nos Jogos Sul-Americanos de Santiago 2014 e Medellín 2010 e a prata nos Jogos Olímpicos da Juventude de Singapura 2010.
 
Desde 2013, Wu é terceiro sargento do Exército Brasileiro e integra o Programa Atletas de Alto Rendimento (PAAR), criado pelo Ministério da Defesa para auxiliar o financiamento de atletas no País. O atleta estuda engenharia aeroespacial na Universidade Federal do ABC e treina no Clube Hebraica em São Paulo.
 
A página oficial do atleta é www.felipewu.com.br
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook