China e Suécia levam últimas medalhas de ouro da Copa do Mundo

Atletas comemoram pódio no evento teste do tiro esportivo / Foto: DivulgaçãoAtletas comemoram pódio no evento teste do tiro esportivo / Foto: Divulgação

Rio de Janeiro - Duas decisões movimentaram o último dia da Copa de Mundo de Tiro Esportivo, em Deodoro. Na carabina três posições 50m masculina, o chinês Zicheng Hui dominou a disputa. Além de faturar a medalha de ouro ainda bateu o recorde mundial de final. A prata foi para o americano Mathew Emmons e o bronze, para outro atleta da China, Quina Zhu.

O skeet masculino, prova da modalidade de tiro ao prato, encerrou a maratona de dez dias de competição. Quem levou a melhor foi o sueco Marcus Svensson, seguido por Ahmad Khan, da Índia, que ficou com a prata. O italiano Tammaro Cassandro ficou com o bronze. Das 45 medalhas distribuídas ao longo da competição, a China ficou em primeiro lugar no número  medalhas.

Durante a Copa do Mundo, o público pode assistir cerca de 660 atletas, de 88 países, incluindo os 43 brasileiros, em busca por medalhas. No caso do Brasil, a competição foi a chance de garantir a nona e última vaga nos Jogos Olímpicos Rio 2016. O carioca Julio Almeida irá defender as cores do país na modalidade pistola de ar 10m e 50m.
 
Ponto alto - A competição contou com participação de 50 medalhistas olímpicos, alguns deles multimedalhistas em Jogos, como o coreano Jin Jongoh, detentor de três ouros e duas pratas. O público também viu de perto o paulistano Felipe Wu, atual número um no ranking mundial do tiro esportivo na prova pistola de ar 10m. Um dos pontos alto do mundial foi protagonizado pela croata Pejcic Snjezuna, que bateu o recorde mundial durante a fase classificatória e, em seguida, ganhou ouro na final da prova carabina três posições 50m feminina. Ontem, sábado (23/04), foi a vez do russo Alexey Klimov bater o recorde na final da pistola tiro rápido.
 
A Federação Internacional de Tiro Esportivo (ISSF, na sigla em inglês) aproveitou a ocasião para homenagear os dois melhores atletas de 2015: a croata Pejcic, atleta da carabina, e o americano Vicent Hancock, que compete no skeet.
 
Após o Rio de Janeiro, os atletas viajam para a segunda etapa da Copa do Mundo de Carabina e Pistola, que acontecerá entre os dias 20 e 25 de maio, em Munique, Alemanha. A equipe brasileira contará com seis atletas.
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook