Domingo de emoção no Centro Olímpico de Tiro

O espanho Alberto Fernandez ficou com a medalha de ouro na final da fossa olímpica da Copa do Mundo de Tiro Esportivo  / Foto: Wagner Meier / CBTEO espanho Alberto Fernandez ficou com a medalha de ouro na final da fossa olímpica da Copa do Mundo de Tiro Esportivo / Foto: Wagner Meier / CBTE

Rio de Janeiro - As emoções continuam no Centro Olímpico de Tiro, onde acontece a Copa do Mundo  da categoria, evento que vai até o próximo dia 24 de abril. O dia foi dividido entre o treinamento dos atletas da carabina de ar e da pistola 50m, que irão competir na segunda-feira (18/04), e pelas provas que tiveram finais neste domingo: pistola e ar feminina e fossa olímpica masculina.
 
A prova de pistola contou com a presença de 68 atletas e classificou as oito melhores para a etapa final. Foi a vez da ucraniana Olena Kostevych voltar ao lugar mais alto do pódio após um jejum de quatro anos.  Kostevych é dona de três medalhas olímpicas, um ouro e dois bronzes, além de ser uma devoradora de Copas do Mundo, com um total dez títulos. A búlgara Antoaneta Boneva ficou com a medalha de prata e a atleta de Singapura, Teo Shun Xie, ficou com o bronze.
 
Cinco brasileiras participaram da prova. Rachel Silveira ficou na 36ª posição, Ana Luiza Souza Lima foi a 47ª e Anna Paula Cotta finalizou em 57º. Daniele Diógenes e Thais Moura ficaram com as duas primeiras colocações, na competição paralela, chamada Pontuação Mínima de Classificação (MQS, na sigla em inglês), com 371 e 363 pontos, respectivamente.
 
Final da fossa olímpica masculina - Foi também o dia das duas últimas séries de 25 pratos da fossa olímpica, prova mais longa da copa do mundo, disputada em três dias. Setenta e quatro atletas estiveram em ação, com cinco brasileiros, na busca de uma das seis vagas da final. Foi uma disputa bastante acirrada por essas vagas, pois três campeões olímpicos ficaram fora dos seis melhores: o atual campeão Giovanni Cernogoraz, da Croácia; o theco David Costelecky; além do russo Alexey Alipov.
 
Espanhol bi-campeão da Copa do Mundo -  Quem brilhou foi o atleta da Espanha, Alberto Fernandez, que também foi medalha de ouro, em março passado, na Copa do Mundo disputada em Chipre. Fernandez aparece como um sério candidato a brigar por medalhas nos Jogos Olímpicos Rio 2016. O tcheco Jiri Liptak foi medalha de prata e o bonze ficou para Jean Pierre Brol, da Guatemala. O melhor brasileiro foi Emilson Menarim, na 48ª posição (109 pratos acertados). Emilson Munareto foi o 56º (107) e Carlos Costa finalizou em 59º (105). Outros dois atletas ficaram com as primeiras colocações na prova MQS, Fernando Mello e Andre Altobello, com respectivos 109 e 103 pratos quebrados.
 
Terceiro dia de competição terá as provas masculina carabina de ar e pistola 50m - A segunda-feira será marcada pela prova eliminatória da pistola 50m, homens, com a presença de Felipe Wu, Julio Almeida e Vladimir Silveira, e pela classificatória masculina da carabina de ar, com Bruno Heck e Leonardo Moreira.
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook