Ucraniano leva o ouro na prova pistola 50m

Já o favorio Jin Jongoh, da Coreia, ficou com a medalha de prata / Foto: Wagner Meier / CBTEJá o favorio Jin Jongoh, da Coreia, ficou com a medalha de prata / Foto: Wagner Meier / CBTE

Rio de Janeiro - A manhã do quinto dia de competições da Copa do Mundo de Tiro Esportivo começou com uma disputa acirrada, e de alto nível, pelas medalhas na prova pistola 50m masculina. Cinquenta e cinco atletas participaram da fase de classificação na busca por uma das oito vagas na final.
 
E a mesma característica percebida no dia anterior, também aconteceu. Europa Oriental e Ásia mais uma vez mostraram suas forças ao classificarem sete entre os oitos melhores: três da China; dois da Coreia, sendo um deles o sempre favorito Jin Jongoh; um da Índia e um da Ucrânia.
 
A disputa foi intensa a ponto de paralisar parte do público presente que, ao contrário de outras finais, pouco aplaudiu os atletas no momento dos disparos. Jin Jongoh dominou a metade da final e tudo indicava que o dono de cinco medalhas olímpicas iria para o lugar mais alto do pódio. Faltou combinar com a Ucrânia. Com uma reação espetacular, aliada a tiros precisos, Oleh Omelchuk diminuiu a diferença para Jongoh e, no último disparo, abriu uma diferença de 1.1 pontos, conquistando a medalha de ouro, a segunda da Ucrânia na Copa do Mundo, deixando o coreano com a prata. O bronze foi para o atleta da China Wang Zhiwei. O brasileiro Julio Almeida (552 pontos) ficou na 30ª posição; Felipe Wu (545) em 43º e Vladimir Silveira (537) terminou em 52º.
 
Tivemos também, na categoria tiro ao prato, a prova fossa double, na qual os atletas têm que acertar 150 pratos (em cinco séries de 30), com dois pratos sendo lançados de cada vez. Seis atletas passaram para a final e após uma disputa emocionante, a medalha de ouro foi decidida através dos tiros-desempate, entre o australiano James Willett e o russo Vasily Mosin. Vitória de Willet, ficando Mosin com a prata. O americano Walton Eller ficou na terceira posição, garantindo o bronze. 
 
Quatro brasileiros participaram da prova de classificação e o melhor colocado foi Filipe Fuzaro, que acertou 122 pratos e ficou em 29º lugar. Luiz Fernando Graça, com 118, terminou na 31ª e Robson Deschamps foi 32º, com 115 pratos. Leonardo Raposo competiu na prova paralela MQS (índice mínimo de classificação), devido ao regulamento da Copa do Mundo permitir apenas a presença de três atletas por país na fase classificação.
 
Amanhã teremos a eliminatória da carabina deitado masculina e a prova pistola 25m feminina - No sexto dia da competição acontecem duas provas. Os atletas da carabina deitado participam da fase eliminatória, que irá classificar para a disputa que ocorrerá na quinta-feira, 21/04. Bruno Heck, Cassio Rippel e Leonardo Moreira estarão representando o Brasil na prova principal, com Mauro Salles e Samuel Lopes participando do MQS.
 
As fases eliminatórias e de classificação podem ser acompanhadas, em tempo real, pelo site da Federação Internacional de Tiro Esportivo (ISSF, na sigla em inglês), no endereço http://www.issf-sports.org. Todas as finais têm transmissão ao vivo, através de um streaming disponível no mesmo endereço eletrônico da federação internacional.
 
Serviço:
 
Copa do Mundo de Tiro Esportivo
 Data: 15 a 24 de abril de 2016 
Onde: Centro Olímpico de Tiro Esportivo 
Endereço: Av. Brasil, 26.196, Vila Militar em frente à Arena da Juventude 
Horário: a partir das 9h 
Ingresso: não haverá venda de ingressos e a presença de público será restrita a convidados
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook