Dois pesos, duas medidas

O único que parece ter "escapado" da punição por doping é Cesar Cielo, a estrela da natação brasileira, que está confirmado no Mundial de Xangai / Foto: DivulgaçãoO único que parece ter "escapado" da punição por doping é Cesar Cielo, a estrela da natação brasileira, que está confirmado no Mundial de Xangai / Foto: DivulgaçãoSão Paulo – Que Cesar Cielo é o melhor nadador da história do Brasil ninguém discute. Que Cielo é um dos melhores atletas da história do país, também não. Mas nos últimos dias, a natação brasileira vem vivendo uma situação no mínimo estranha.

Cielo e outros três nadadores foram flagrados em exame anti-doping, durante a disputa do Troféu Maria Lenk, no Rio de Janeiro. Mas o único que parece ter "escapado" da punição é a estrela da natação brasileira, que está confirmado no Mundial de Xangai.  

No dia 01 de Julho a Confederação Brasileira de Desportes Aquáticos divulgou que os atletas Cesar Cielo, Nicholas dos Santos, Henrique Barbosa e Vinícius Waked tinham sido flagrados em exame anti-doping, durante a disputa do Troféu Maria Lenk de Natação, disputado no Rio de Janeiro.

A princípio, o órgão máximo da natação brasileira havia sugerido que os atletas apenas seriam advertidos, por entender que a culpa seria de um laboratório que havia preparado um suplemento aos nadadores com uma substância proibida e que eles haviam ingerido essa substância sem ter conhecimento.

Dias depois, voltou atrás. Nicholas dos Santos e Henrique Barbosa, que haviam conseguido o índice para o Mundial de Xangai, foram cortados da viagem, assim com já havia acontecido dias antes, com Fabiola Molina. Em seus lugares, foram chamados Etienne Medeiros, Marco Antônio Macedo e Tales Rocha Cerdeira. A atitude poderia ser considerada correta, se Cesar Cielo, o maior nome da natação brasileira, também perdesse a vaga.  

Os dirigentes da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos, através da assessoria de imprensa da CBDA, disseram ao Esporte Alternativo que Cielo havia consequido o índice para o Mundial antes do Maria Lenk, o que explicaria a sua inclusão na lista dos convocados para a China. Os outros atletas, teriam conseguido o índice com a "ajuda do doping" e por isso teriam sido cortados.

Ano passado, Daynara de Paula foi flagrada durante os Jogos Sul-Americanos de Medellín (COL) por uso de furosemida, a mesma substância encontrada no exame realizado em Cielo. É um diurético, usado no tratamento para perda de peso.

Daynara alegou a mesma coisa que Cielo. Que havia sido contaminada depois de ingerir um suplemento feito por uma famácia de manipulação. Apesar disso, acabou suspensa por seis meses pela Federação Internacional de Natação.

A Fina, estuda agora o caso do nadador brasileiro. Mesmo que a entidade máxima da natação mundial apele da decisão tomada pela CBDA em manter Cielo em Xangai, o maior nome da natação brasileira estará presente na China. Se a Fina entender que o brasileiro é culpado, ele terá seus resultados anulados.

 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook