Quatro medalhas e uma vaga para os Jogos Pan-Americanos

Ingrid Oliveira foi o nome da vaga / Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA Ingrid Oliveira foi o nome da vaga / Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Peru - O segundo dia de disputas de Saltos Ornamentais no Campeonato Sul-Americano de Desportos Aquáticos, em Callao, distrito de Lima, foi recheado de boas notícias para o Brasil. 
 
Nesta quinta-feira (8), a seleção brasileira garantiu duas medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze, além de assegurar sua primeira vaga para os Jogos Pan-Americanos de 2019. As provas seguem nesta sexta-feira.
 
Ingrid Oliveira foi o nome da vaga. A atleta da seleção brasileira somou 300,65 pontos para conquistar a medalha de ouro na plataforma e assegurar um lugar para o Brasil nos Jogos Pan-Americanos. A prata foi para Lisette Chancay, da Venezuela, e o bronze foi para a brasileira Andressa Mendes.
 
No trampolim sincronizado misto de 1 metro, mais uma medalha de ouro. A dupla formada por Ian Mattos e Tammy Galera somou 233,04 pontos para assegurar a terceira medalha de ouro para os Saltos Ornamentais no Sul-Americano. A prata foi para a Colômbia e o bronze para o Chile.
 
Na plataforma sincronizada masculino, Isaac Souza e Luiz Felipe Moura garantiram a prata com 338,04 pontos, ficando atrás apenas da dupla da Colômbia, que teve 349,95 pontos. O bronze foi para a Venezuela.
 
As disputas de Saltos Ornamentais seguem nesta sexta-feira e vão até o próximo sábado (10). Com as medalhas desta quinta-feira, o Brasil chega a 35 medalhas no Campeonato Sul-Americano de Desportos Aquáticos: 19 de ouro, 10 de prata e seis de bronze.
 
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook