Igor Amorelli encerra o ano no Ironman Mar del Plata

Competição será realizada neste domingo, na cidade do litoral argentino. Elite composta por 32 atletas de 14 países encara 3.8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42 km de corrida. Igor Amorelli (foto) chega embalado após vitória no 70.3 de Miami / Foto: Romulo CruzCompetição será realizada neste domingo, na cidade do litoral argentino. Elite composta por 32 atletas de 14 países encara 3.8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42 km de corrida. Igor Amorelli (foto) chega embalado após vitória no 70.3 de Miami / Foto: Romulo Cruz

Argentina - O triatleta Igor Amorelli encara neste domingo (3) o último desafio da temporada e o compromisso será em terras argentinas onde será realizado o Ironman Mar del Plata. O catarinense tem boas recordações de sua última passagem pelo país quando conquistou o 3º lugar no Ironman 70.3 Buenos Aires.
 
Inclusive, foi nessa competição, em março, que o atleta de Balneário Camboriú (SC) abriu sua temporada. Agora, Igor viaja não só para encarar os 3.8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42 km de corrida, mas já almejando objetivos maiores.
 
“Com certeza um dos grandes propósitos da ida para Mar del Plata e confirmar a vaga com bastante antecedência para o Mundial de Kona em 2018. Como já fiz bons pontos com o resultado do mundial desse ano e com a vitória em Miami, uma boa colocação na Argentina me deixa bem próximo do objetivo. A gente sempre entra nas provas com vontade de ganhar e aqui não será diferente”, explica Igor.
 
Após conquistar seu melhor resultado em Kona e vencer o Ironman 70.3 Miami, Igor retornou ao Brasil para mais um período de treinamentos. No entanto, a carga pesada e de mais volume foi adequada para a competição desse final de semana. “Fiz treinos específicos e alguns de volume, mas nessa altura da temporada é preciso saber dosar para não chegar muito desgastado na prova. O que mais pode atrapalhar neste momento é o desgaste então tomamos cuidado para dosar bem os treinos, especialmente nessa última semana”, comenta.
 
Após vencer duas etapas de Ironman 70.3 – Palmas e Miami –, subir ao pódio em outras duas ocasiões – 3º em Buenos Aires (70.3) e Florianópolis (Ironman) – e conquistar o melhor resultado da carreira em Kona, Igor fez uma análise da temporada. “Tivemos uma temporada boa. Gostei do que fiz até agora, mas ainda falta eu encaixar uma prova perfeita no mundial. Enquanto meus 100% não saírem em Kona eu não ficarei satisfeito. Dessa forma, preciso de um bom resultado nesse último evento do ano para conseguir os pontos e me planejar bem para 2018”, afirma.
 
Ironman Mar del Plata - Com centenas de atletas confirmados para o Ironman Mar del Plata a expectativa passa a ser grande em cima da prova, especialmente entre os atletas de elite. No total, trinta e dois profissionais de 14 países largam em busca dos 2000 pontos oferecidos ao campeão da etapa, com destaque para o argentino Oscar Galindez, o americano Andy Potts e os brasileiros Igor Amorelli, Thiago Vinhal e Reinaldo Colucci, trio que representou o país no Havaí nessa temporada.
 
Mesmo tratando-se de um percurso plano é difícil afirmar que a prova será rápida, como bem explica Igor. “Não conheço o circuito perfeitamente, mas mesmo sendo plano não dá pra garantir que será muito rápida, pois o vento pode atrapalhar um pouco, especialmente no pedal e na natação”, encerra.
 
Mais informações: http://bit.do/ironmanmardelplata
 
Retrospecto de Igor Amorelli na temporada 2017:
Ironman 70.3 Buenos Aires – (12 de março) – 3º colocado
Ironman 70.3 Oceanside (01º de abril) – Não completou
Ironman 70.3 Palmas (23 de abril) - Campeão
Ironman Florianópolis (28 de maio) – 3º colocado
Ironman 70.3 Equador (30 de julho) – Não completou
Ironman World Championship – Kona (14 de outubro) – 14º colocado
Ironman 70.3 Miami (22 de outubro) - Campeão
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook