Italiano supera queda e vence prova da omnium do ciclismo de pista

Saltador brasileiro ficou na 14ª posição geral nas eliminatórias / Foto: Bryn Lennon/Getty ImagesSaltador brasileiro ficou na 14ª posição geral nas eliminatórias / Foto: Bryn Lennon/Getty Images

Rio de Janeiro - Foi difícil, teve até tombo, mas o italiano Elia Viviani venceu a prova masculina da categoria omnium do ciclismo de pista dos Jogos Rio 2016. A vitória aconteceu na tarde desta segunda (15), penúltimo dia do esporte nos Jogos, no Velódromo Olímpico do Rio. 
 
Viviani ganhou o ouro ao somar 207 pontos nos seis estágios da prova. A prata foi para o britânico Mark Cavendish, que obteve 194 pontos, e o bronze foi entregue ao dinamarquês Lasse Norman Hansen, que somou 192. 
 
“Foi a corrida da minha vida. A omnium é muito difícil porque após cinco corridas todos estão iguais e a corrida por pontos decide tudo. É uma prova muito tática. Sabia que precisava somar pontos a cada arrancada”, disse o campeão.
 
Para conquistar o título, Viviani precisou inclusive superar uma queda. Na corrida por pontos, última fase da competição, o italiano chocou-se com Glenn O’Shea, da Austrália, e Sanghoon Park, da República da Coreia, que, ao contrário do europeu e do australiano, não conseguiu seguir na prova. 
 
“O acidente foi o momento ruim da prova. Quando eu vi o ciclista da República da Coreia caindo na minha frente, sabia que não teria como escapar. Mas não estava sentindo nada e voltei para a pista. Olhei no telão, vi que era o primeiro e não pensei duas vezes”, explicou o italiano. 
 
O calendário do ciclismo de pista chega ao fim nos Jogos Rio 2016 nesta terça, com as finais das três últimas categorias: omnium feminina, velocidade feminina e keirin masculino.
 

Veja Também: