Carro e bike dividem espaço com barcos na Copa Suzuki Jimny

Bike Suzuki será sorteada / Foto: Julien Pereira/SuzukiBike Suzuki será sorteada / Foto: Julien Pereira/Suzuki

São Paulo - Além da tradicional rivalidade entre as principais embarcações da vela oceânica do estado e do país, a terceira etapa da Copa de Suzuki Jimny, nos dias 31 de agosto e 1º, 7 e 8 de setembro, terá novidades fora da água. O novo Grand Vitara 2014 estará em exposição no Yacht Club de Ilhabela (YCI) nos dois finais de semana de regatas. 
 
A nova versão 2014 com transmissão automática, traz pisca nos retrovisores e rodas maiores, aro 18’’, que chamam a atenção pelo desenho e deixam o visual do carro ainda mais moderno e esportivo. Detalhes que dão um toque especial e completam o design único e exclusivo do novo Grand Vitara que celebra 25 anos de história. 
 
A expectativa da Comissão Organizadora do Yacht Clube de Ilhabela é de receber mais de 40 tripulações, o que não acontece desde a primeira quinzena de julho quando o clube sediou a Rolex Ilhabela Sailing Week. A Copa Suzuki Jimny reúne as classes C30, IRC, ORC, HPE e RGS (A, B, C e Cruiser). Os barcos Sextante I, na ORC B; TNT/Loyal, na C 30; Relaxa Next/Caixa, na HPE e Jazz, na RGS A, têm dominado suas classes com ampla vantagem sobre os adversários. 
 
Festa na Armação - O feriado da Independência (07/9), penúltimo dia da etapa, será intenso para os velejadores dentro e fora da água, durante o dia e à noite também. A Pousada Armação dos Ventos, estrategicamente localizada no morro em frete à praia da Armação, um dos principais redutos dos velejadores em Ilhabela, vai receber os participantes do campeonato para uma festa de confraternização. 
 
Uma das atrações da noite será o sorteio de uma bicicleta Suzuki, entre os competidores que preencherem o cupom no estande da Suzuki, no YCI, durante os dias de regatas. A Armação dos Ventos fica no topo de uma das elevações na verde paisagem ao norte da Ilha e oferece uma visão privilegiada da movimentação das embarcações em dias de regata, próximo ao cartão postal da Ponta das Canas. 
 
"A pousada foi concebida por velejadores para receber velejadores. Fizemos no mês passado uma festa no encerramento da Rolex Ilhabela Sailing Week, recepcionamos o Betão Pandiani recentemente quando ele retornou da Travessia do Atlântico e será uma honra receber agora o pessoal da Suzuki em parceria com o YCI", justifica Pedro Rodrigues, proprietário da pousada e da escola de vela BL3, com sede na praia da Armação, a preferida de Robert Scheidt, Bruno Prada, Jorginho Zarif, Adriana Kostiw, entre outros velejadores de monotipo que adotaram o local como um centro de treinamento. 
 
Pedro também é assíduo velejador nas competições de oceano no litoral norte paulista e um dos maiores incentivadores da vela em Ilhabela. "Estou otimista com nossa tripulação de alunos. O Urca/BL3 está velejando muito bem na classe RGS A. Será difícil ganhar do líder Jazz. Estamos em terceiro e vamos partir com tudo para o vice-campeonato. Essa é a nossa meta", estabelece o entusiasta velejador. 
 
Resultados acumulados após duas etapas:
 
ORC A - 11 regatas e 3 descartes
1º - Tangaroa (James Bellini) - 11 pontos perdidos ([7]+[7]+1+1+1+1+[3] +1+3+1+2)
2º - Lexus/Chroma (Luiz de Crescenzo) - 12 pp ([2]+1+[2]+2+2+[3] +1+2+1+2+1)
3º - Orson/Mapfre (Carlos E.Souza e Silva) - 19.5 pp (1+2+3+3+3+2+2+[5]+[4]+3,5+[4])
 
ORC B - 11 regatas e 3 descartes
1º - Sextante I (Thomas Shaw) - 8 pp ([1]+[4]+1+1+1+1+[2]+1+1+1+1)
2º - Colin (Sebastian Menendez) - 16 pp ([3]+[4]+[3]+2+3+2+1+2+2+2+2)
3º - Zeppa (Diego Zaragoza) - 21 pp (2+[4]+2+[3]+2+[3]+3+3+3+3+3)
 
C30 - 14 regatas e 3 descartes
1º - TNT/Loyal (Marcelo Massa) - 11 pp ([1]+[1]+1+1+1+1+1+1+1+1+1+1+1+[2])
2º - Barracuda (Humberto Diniz) - 23 pp (2+[4]+2+2+2+2+2+2+3+2+2+2+[6]+[4])
3º - Caballo Loco (Mauro Dottori) - 32 pp ([4]+3+[4]+[4]+4+4+3+4+2+3+3+3+2+1)
 
HPE - 15 regatas e 4 descartes
1º - Relaxa Next/Caixa (Roberto Mangabeira) - 26 pp (1+[7]+[12]+1+[9]+1+1+[14]+2+2+4+3+3+3+5)
2º - Repeteco (Fernando Haaland) - 35 pp ([8]+1+7+2+1+[12]+8+2+3+3+5+2+1+[11]+11]) 
3º - Bixiga (Pino De Segni) - 39 pp ([6]+3+5+[8]+[19]+[6]+2+4+4+1+2+1+6+5+6)
4º - Ginga (Breno Chvaicer) - 41 pp (3+5+[9]+3+3+3+[19]+[7]+[9]+4+1+6+4+2+7)
5º - Ser Glass Eternity (Marcelo Bellotti) - 43 pp (5+6+1+[11]+[7]+[11]+[14]+3+1+5+3+5+6+7+1)
 
RGS A - 11 regatas e 3 descartes
1º - Jazz (Valéria Ravani) - 8 pp (1+1+[2]+[3]+1+1+1+1+[3]+1+1)
2º - Inaê/Transbrasa (Bayard Umbuzeiro Filho) - 21 pp (2+[5]+4+2+[6]+2+4+2+1+[8]+4)
3º - Urca / BL3 (Pedro Rodrigues) - 24 pp ([4]+2+[6]+[5]+4+3+3+4+4+2+2)
 
RGS B - 11 regatas e 3 descartes
1º - Suduca (Marcelo Claro) - 11 pp (1+1+[2]+2+[5]+1+1+2+1+2+[3])
2º - Asbar II (Sergio Klepacz) - 11 pp (2+2+1+1+2+[3]+[3]+1+[3]+1+1)
3º - Kanibal (Martin Bonato) - 28 pp ([6]+[6]+[6]+6+6+2+2+3+2+3+4) 
 
RGS-C - 11 regatas e 3 descartes
1º - Rainha (Paulo Eduardo) - 8 pp ([3]+[2]+[1]+1+1+1+1+1+1+1+1)
2º - Ariel (Andreas Kugler) - 14 pp (1+1+[2]+[2]+[2]+2+2+2+2+2+2)
 
RGS-Cruiser - 11 regatas e 3 descartes
1º - Boccalupo (Claudio Melaragno) - 11 pp (1+1+[3]+1+[2]+[2]+1+1+2+2+2)
2º - Cocoon (Luiz Caggiano) - 14 pp ([6]+[5]+2+2+[3]+1+2+2+3+1+1)
3º - Brazuca (José Rubens Bueno) - 17 pp (2+[3]+1+[4]+1+[4]+3+3+1+3+3)

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook