Marcelo Melo fala sobre cancelamento do Masters 1000 de Indian Wells | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Marcelo Melo fala sobre cancelamento do Masters 1000 de Indian Wells

Marcelo mantém rotina de treinos / Foto: Fotojump

EUA - Depois dos organizadores anunciarem o cancelamento do Masters 1000 de Indian Wells, por causa do coronavírus (COVID-19), o mineiro Marcelo Melo seguirá treinando no Indian Wells Tennis Garden, na Califórnia (EUA). 
 
A preparação, agora, será para o próximo torneio do calendário, também nos Estados Unidos, o Masters 1000 de Miami, na Flórida, com início previsto para o próximo dia 25, e que, por enquanto, teve sua disputa confirmada, em um comunicado nesta segunda-feira (9).
 
Indian Wells seria realizado a partir desta quinta-feira (12) até o próximo dia 22, o primeiro Masters 1000 da temporada 2020. Marcelo havia iniciado os treinamentos no sábado (7), visando a estreia nesta semana, ao lado do parceiro polonês Lukasz Kubot.
 
"Nós fomos pegos de surpresa. Estávamos no clube, tinha acabado o dia de treinamento normal e aí o pessoal chegou com essa notícia de que o torneio tinha sido cancelado. Antes não havia nenhum tipo de aviso. Eles tomaram essa decisão, logicamente, em precaução da saúde de todo mundo. Não tem pânico, nem nada. A maioria dos jogadores ainda está aqui. E o torneio continuará aberto para nós, para treinarmos”, explicou Marcelo, patrocinado por Centauro, BMG, Itambé e Taroii, com apoio da Asics, Orfeu Cafés Especiais, Volvo, VOSS e Confederação Brasileira de Tênis.
 
A decisão dos organizadores foi anunciada no domingo (8), após a declaração de emergência de saúde pública, com o surgimento de um caso confirmado do coronavírus em Coachella Valley, determinando o cancelamento de todos os eventos esportivos da região.
 
“Vou permanecer por aqui e continuarei treinando normalmente. Não sabemos ainda como vai ficar relacionado a ranking, como vão fazer com os pontos, quais torneios futuros serão cancelados ou não. Muito difícil falar agora o que vai acontecer. Mas está tudo tranquilo aqui, tudo certo”, completou Marcelo.
 
Sexto lugar na Corrida para Londres - A conquista do ATP 500 de Acapulco, o primeiro título de Melo e Kubot em 2020, somada à semifinal no Rio Open, fez com que a dupla subisse 34 posições na Corrida para Londres, ocupando a sexta colocação, com 815 pontos. O ranking define as oito melhores parcerias do ano para a disputa do ATP Finals, no encerramento da temporada. Já no ranking mundial individual de duplas, Melo e Kubot ganharam três posições depois de Acapulco e aparecem no top 5, empatados em quinto lugar, com 5.140 pontos.
 
No México, Marcelo conquistou o 34º título da carreira, o 14ª com Kubot. Pelo 14º ano consecutivo comemora no mínimo um título por temporada. Juntos, Melo e Kubot ganharam pelo menos um torneio por ano desde 2015. 
 
Recordista em títulos e semanas no topo do ranking – Recordista brasileiro em número de títulos, com 34 conquistas, e também em semanas no topo do ranking da ATP – 56 -, assim como em participações no ATP Finals – completou sete seguidas -, em 2019, Marcelo somou mais um recorde ao chegar a 500 vitórias, na estreia no ATP 500 de Washington, em julho, maior vencedor entre os tenistas do Brasil, passando a ser o 35º jogador de todos os tempos a atingir essa marca.
 
Entre 2017 e 2018, Marcelo ficou 30 semanas – 25 consecutivas - como líder do ranking mundial individual de duplas da ATP (13 semanas em 2017 – terminando o ano como número 1 - e 17 semanas em 2018). Antes, ocupou a liderança pela primeira vez em 2015, por 22 semanas, também virando o ano na frente, e voltou ao primeiro lugar por mais quatro semanas a partir de maio de 2016.
 
Dos 34 títulos, todos em duplas, dois são Grand Slam – Roland Garros, na França (2015) e Wimbledon, em Londres (2017) e nove Masters 1000, além de oito ATP 500 e 15 ATP 250.
 
Marcelo, 36 anos, e Kubot, 37 anos, formam parceria desde o início da temporada 2017. Antes, jogaram em torneios como o ATP 500 de Viena, em que foram campeões em 2015 e 2016.
 
Temporada 2020
 
Título
ATP 500 - Acapulco (México), rápida
 
Temporada 2019
 
Título
ATP 250 – Winston-Salem (EUA), rápida
 
Vice-campeonato
Masters 1000 – Indian Wells (EUA), rápida
ATP 500 - Halle (Alemanha), grama
ATP 500 - Beijing (China), rápida
Masters 1000 - Xangai (China), rápida
ATP 500 - Viena (Áustria), rápida
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook