A caminho do Mundial, atletas da B3 Atletismo treinam e competem no exterior | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

A caminho do Mundial, atletas da B3 Atletismo treinam e competem no exterior

Integrantes da B3 Atletismo fazem campings na Suíça, Colômbia e França antes de seguirem para o principal compromisso da temporada, em agosto / Foto: Osvaldo F./B3 Atletismo

Suíça - A menos de um mês do Mundial de Londres, que começa em 4 de agosto, os integrantes da B3 Atletismo treinam e competem no exterior para a reta final de preparação para o principal compromisso da temporada. Os atletas fazem campings na Suíça, Colômbia e França antes de seguirem para a capital inglesa.
 
A maioria dos integrantes fará a preparação final na cidade suíça de Macolin, em camping organizado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) e Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt). O recordista sul-americano do arremesso do peso, Darlan Romani, foi o primeiro a viajar para a Suíça, em 27 de junho, logo após a disputa do Campeonato Sul-Americano de Assunção (Paraguai).
 
A velocista Vitória Rosa, com índice nos 100 m e 200 m, viajou em 4 de julho. Na segunda-feira, a triplista Núbia Soares se uniu ao grupo, que ainda deve receber outros atletas. Da Suíça, Darlan, Vitória e Núbia sairão para competir até o fim de julho, assim como Vítor Hugo dos Santos - o velocista volta a correr após uma lesão sofrida no Mundial de Revezamentos, em abril.
 
Thiago do Rosário André, qualificado para as provas dos 800 m e 1.500 m, seguiu no dia 9 de julho para Paipa, na Colômbia, para treinamento em altitude - o meio-fundista sairá da cidade rumo a Londres no dia 31. A marchadora Érica de Sena, com índice para a prova dos 20 km, optou por treinar na altitude de Font-Romeu, na França, que fica a 1.850 metros do nível do mar. A atleta, que vive em Cuenca (Equador), viaja para a Europa no dia 18 de julho e permanece na França até o dia 9 de agosto - ela compete no último dia do Mundial, 13 de agosto. Wagner Domingos, do lançamento do martelo, que já tem a Eslovênia como base de treinamentos, aguarda obtenção de visto para retornar ao país.
 
"Para cada atleta ou segmento de prova há uma preparação diferente. No caso do Thiago e da Érica, que fazem eventos de meio-fundo e fundo, há a preferência por potencializar a preparação na altitude. Outros preferem fazer competições preparatórias, caso dos que foram para a Suíça. As provas vão servir para uma verificação, ver se é preciso fazer alguma coisa antes do Mundial, e buscar marcas para melhorar a posição no ranking. E também vão competir no verão, o que já é uma aclimatação", explica Ricardo D'Angelo, coordenador técnico da B3 Atletismo.
 
A B3 Atletismo tem 11 atletas que já alcançaram índice para o Mundial em provas individuais - o prazo vai até o dia 23 de julho e, para serem convocados, os qualificados devem ficar entre os 40 melhores do ranking olímpico (máximo de três atletas por país), de acordo com as regras estabelecidas pela CBAt. A B3 ainda pode ter no Mundial Paulo Sérgio Oliveira (salto em distância) e Mariana Marcelino (lançamento do martelo), campeões sul-americanos, caso eles também estejam entre os 40 do ranking olímpico ao fim do prazo de obtenção de índices, além da convocação de velocistas para a composição dos revezamentos.
 
Atletas da B3 com índice para o Mundial de Londres para provas individuais:
 
Darlan Romani - arremesso do peso
Fernando Ferreira - salto em altura
Luiz Alberto de Araújo - decatlo
Márcio Teles - 400 m com barreiras
Thiago do Rosário André - 800 m e 1.500 m
Wagner Domingos - lançamento do martelo
Érica de Sena - marcha atlética 20 km
Fernanda Borges - lançamento do disco
Núbia Soares - salto triplo
Tânia Ferreira da Silva - salto triplo
Vitória Rosa - 100 m e 200 m
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook