Ana Cláudia e Duda competem na Diamond League nos EUA | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Ana Cláudia e Duda competem na Diamond League nos EUA

Ana Cláudia Lemos disputará os 100 m em Eugene  / Foto: Marcelo FerrelliCBAt

São Paulo - Dois dos mais importantes atletas brasileiros da atualidade estão confirmados na disputa da Diamond League de Eugene, nos Estados Unidos, no próximo sábado 1º de junho: a campeã pan-americana e finalista olímpica do 4x100 m, Ana Cláudia Lemos, e o campeão mundial indoor e finalista olímpico do salto em distância, Duda da Silva.
 
Ana Cláudia e Duda viajaram ontem à noite para o estado norte-americano do Oregon, na costa oeste norte-americana, e voltam em seguida ao Brasil para o Troféu Brasil/Caixa de Atletismo, programado para o Estádio Ícaro de Castro Melo, no Ibirapuera, em São Paulo, de 6 a 9 de junho.
 
Ana Cláudia superou este ano duas vezes o recorde sul-americano dos 100 m, que já era dela com 11.15: marcou 11.13 em Campinas, no Torneio da FPA, em 4 de maio, e 11.05 em Belém, no GP Brasil/Caixa, em 12 de maio. Entre as velocistas inscritas nos 100 m de Eugene, ela tem a quarta melhor marca deste ano.
 
As três primeiras entre as inscritas são a bicampeão olímpica Shelly-Ann Fraser (Jamaica), com 10.93, e que já fez a distância em 10.70 Blessing Okagbare (Nigéria), com 11.00 e 10.92 na carreira e Veronica Campbell (Jamaica), com 11.01 e 10.76 como recorde pessoal. Também estará na prova a campeã olímpica dos 200 m, Allyson Felix (Estados Unidos), que já fez 11.13 este ano e tem 10.89 na carreira.
 
"É importante para a Ana Cláudia enfrentar estes desafios", explica seu treinador, Katsuhico Nakaya. "Todas as meninas que estão inscritas na prova já correram os 100 m em menos de 11 segundos na carreira. Fazer isso é fundamental para a Ana Cláudia. É preciso conseguir isso para entrar no grupo das velocistas que almejam um lugar na final dos 100 m no Mundial (em Moscou, em agosto próximo)", afirma o treinador.
 
O técnico diz que depois da prova a atleta volta a São Paulo, compete no Troféu Brasil e aí começa nova fase do treinamento, para o Campeonato Sul-Americano de julho, na Colômbia. &ldquoDepois, entre o Sul-Americano e o Mundial, já pedi à agente da Ana Cláudia na Europa (a Global, dirigida pelo ex-atleta holandês Jos Hermens), para tentar inscrevê-la em dois Meetings fortes no circuito europeu.
 
Duda, por sua vez, compete em Eugene como quinto do mundo na temporada, com 8,18 m, salto conseguido no GP São Paulo/Caixa, em 19 de maio, no Ibirapuera. Assim, qualificado para o Mundial de Moscou, ele vai seguir a recomendação do técnico Aristides Junqueira.
 
"O Tide (como o técnico é chamado, no meio) diz que preciso fazer uma boa sequência de saltos, acima de 8 metros, com segurança", lembrava Duda, após o GP paulistano. "Preciso aproveitar o máximo possível de espaço, sem recuar o salto para antes da linha de limite", diz Duda, atleta da BM&FBovespa, assim como Ana Cláudia, que treina em São José do Rio Preto (SP).

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook