Calor forte e baixa umidade, desafios dos atletas em Pequim | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Calor forte e baixa umidade, desafios dos atletas em Pequim

Sol forte e baixa umidade dificultam o desempenho dos atletas / Foto: Divulgação / COBSol forte e baixa umidade dificultam o desempenho dos atletas / Foto: Divulgação / COB

Pequim  - Manhã de domingo em Pequim. A temperatura bate quase 34 graus na pista do Chao yang Sports Center, onde atletas brasileiros e de outros países treinam para o Campeonato Mundial, que começa no sábado (dia 22). Se o calor é forte, a umidade é muito baixa: menos de 30%. "O importante é o atleta se hidratar", explica o médico da Seleção, Warlindo Neto.
Para o médico, "esse é um cuidado que todo atleta amador ou de elite deve ter". Claro que quem compete no alto rendimento, lembra, precisa também de outro nível de acompanhamento, como as sessões de fisioterapia após os treinos e as competições.
 
Tanto o médico como os treinadores afirmam que as condições são adequadas para a aclimatação em Pequim. "Demora alguns dias até o organismo se adaptar, afinal o fuso horário é muito diferente (em Pequim são 11 horas a mais em relação a Brasília), mas isso passa", prossegue Warlindo.
 
Para um dos treinadores da equipe, Carlos Alberto Cavalheiro, "a pista de treinamento e a sala de musculação atendem às necessidades de treinadores e atletas".
 
Nenhum atleta da delegação apresenta problemas. "A Michele Chagas (maratona) reclamou de dores de garganta, estamos acompanhando, mas não parece nada sério. De toda forma, é só compete no dia 30, tem tempo para recuperação", completa Warlindo.
A maioria dos atletas que defenderão o Brasil no Mundial já está em Pequim. Na próxima sexta-feira (21) deve chegar a marchadora Érica Rocha de Sena, que mora no Equador. A outra brasileira na prova, a também pernambucana Cisiane Dutra Lopes treinou na pista do Chao yang Center. "Acho que podemos ter uma boa performance aqui", falou Cisiane depois do treino.
 
Neste domingo chegou ao Kun Tai Hotel, onde a delegação está hospedada, o recordista sul-americano do salto com vara, Thiago Braz, que este ano já marcou duas vezes 5,86 m e uma, 5,92 m. Os outros dois atletas da prova, Augusto Oliveira Dutra e Fábio Gomes da Silva, já estavam no hotel e treinaram normalmente. Nesta segunda-feira (17), há treino pela manhã e à tarde. Fabiana Murer, top 5 do Ranking Mundial, irá ao estádio na parte da tarde (às 16 horas locais, 5 horas da manhã, em Brasília).


Veja Também: 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook