Começa a corrida por vagas olímpicas no atletismo | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Começa a corrida por vagas olímpicas no atletismo

Está dada a largada: atletas já sabem qual o primeiro passo rumo ao ouro Olímpico / Foto: Adam Pretty / Getty Images

Rio de Janeiro - Feras como Usain Bolt, Yelena Isinbayeva e Genzebe Dibaba já podem dar o primeiro passo rumo ao ouro Olímpico: a partir de hoje, os atletas que alcançarem os índices de classificação Olímpica para todas as provas do atletismo estarão aptos a competir nos Jogos Rio 2016. 
 
Os índices (veja abaixo) foram divulgados em abril pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF), que decidiu abolir a antiga divisão entre os índices A e B. Assim, diferente das qualificações Olímpicas anteriores, uma única marca será válida para a classificação - basta aos atletas igualá-la ou superá-la. A obtenção do índice, no entanto, não é garantia de participação Olímpica: cada país poderá ter no máximo três representantes por prova. 
 
"A mudança na forma de classificação só traz impactos positivos. Para participar dos Jogos Olímpicos os atletas têm agora uma única meta a atingir - o que é mais desafiador. Isso vai aumentar o nível do atletismo e não apenas nos Jogos Olímpicos, mas já a partir de todos os torneios classificatórios do esporte" , afirma Agberto Guimarães, diretor executivo de Esportes e Integração Paralímpica do Comitê Rio 2016 e ex-atleta especialista nos 800m e 1.500m, com três participações Olímpicas no currículo (Moscou 1980, Los Angeles 1984 e Seul 1988).
 
O período de classificação pelo índice para a maior parte das provas do esporte, que começa hoje (01), se estende até o dia 11 de julho de 2016. A obtenção do índice para as provas de maratona, marcha atlética, 10.000m, heptatlo, decatlo começou a valer no dia 1º de janeiro de 2015. Caso as 2005 vagas abertas (entre homens e mulheres) para as competições de atletismo não tenham sido preenchidas pela obtenção do índice, serão convidados a participar os atletas mais bem colocados no ranking mundial até o fim do período de classificação. As exceções são as provas de 5.000m, 10.000m, marcha atlética e maratona, para as quais somente a classificação por índice é admitida.  
 
As provas de revezamento têm classificação diferenciada. Serão 16 times a competir em cada uma das quatro provas de revezamento (4x100m e 4x400m, masculino e feminino) dos Jogos Rio 2016: os oito melhores colocados em cada prova no Campeonato Mundial de Revezamento de 2015, que será disputado neste sábado e domingo, terão vaga garantida. As outras oito vagas para cada prova serão destinadas aos melhores colocados no ranking mundial ao fim do período de classificação. 
 
Veja Também: 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook