Mais uma Fabiana decepciona em Guadalajara | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Mais uma Fabiana decepciona em Guadalajara

Fabiana salta para a prata / Foto: Wagner Carmo/CBAtGuadalajara - Depois de Fabiana Beltrame, no Remo, foi a vez de Fabiana Murer decepcionar a torcida. Uma das grandes esperanças brasileiras de medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, a campeã Mundial de salto com vara Fabiana Murer, ficou com a amarga medalha de prata no primeiro dia de competições do atletismo. A cubana Yarisley Silva pulou 4,75 metros e garantiu a medalha dourada.

Fabiana, chegou ao Pan de Guadalajara como uma das principais favoritas a medalha de ouro. Durante a competição, disputada na última segunda-feira, dia 24 de outubro, Fabiana teve grandes dificuldades na final.

A brasileira, que no Mundial de atletismo conquistou a medalha de ouro depois de conseguir pular 4,85 metros, começou a prova no Pan saltando 4,50 metros. Na primeira e segunda tentativa, Murer tocou o sarrafo e caiu, conseguindo a classificação para a final apenas na terceira e última tentativa.

Com o sarrafo em 4,65 metros, Fabiana falhou novamente na primeira tentativa. Mas logo depois se recuperou, superando a marca e garantindo até ali o recorde Pan-Americano. O que a brasileira não esperava é que a cubana Yarilsey Silva desse um salto tão bom como o dela. Na marca 4,70 metros, a brasileira conseguiu saltar na primeira tentativa, quebrando novamente o recorde. A cubana, novamente fez o salto perfeito, mostrando que Fabiana não teria vida fácil em Guadalajara.

O drama da brasileira começou quando o sarrafo estava em 4,75 metros. Na primeira tentativa, Fabiana derrubou o sarrafo. Para piorar a situação, a cubana Yarisley Silva conseguiu outro salto perfeito, alcançando a melhor marca de sua carreira e colocando toda pressão nos ombros da campeã Mundial. Murer então subiu o sarrafo para a altura que conseguiu o título Mundial em Daegu, em 4,80 metros, mas não repetiu o desempenho e teve que se contentar com a medalha de prata.

Aos 24 anos, a atleta Cubana Yarisleu Silva, conquistou o lugar mais alto do pódio pulando 4,75 metros, além de quebrar o recorde Pan-Americano.

 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook