Por doping, russa perde medalha conquistada há dez anos | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Por doping, russa perde medalha conquistada há dez anos

Tatyana Andrianova, primeira à direita / Foto: Michael Steele / Getty Images

Rio de Janeiro – O escândalo de doping envolvendo os atletas russos não tem, aparentemente, prescrição. A Associação das Federações Internacionais de Atletismo (Iaaf) anunciou que cassará a medalha de bronze conquistada pela russa Tatyana Andrianova nos 800m no Mundial de Helsinque, disputado na Finlândia, em 2005.
 
A atleta testou positivo para o esteróide estanozolol, confirmou a Iaaf por meio de nota. Um novo exame foi feito a partir de uma amostra coletada durante o Mundial. Agora, a entidade está testando todas as amostras que armazenou naquele mundial, para evitar suspeitas de acobertamento de testes positivos.
 
Andrianova teve ainda seus resultados conquistados entre agosto de 2005 e agosto de 2007 invalidados. Além disso, a russa ainda ficará dois anos sem poder competir oficialmente, a contar de 22 de setembro deste ano.
 
A russa, que não compete desde 2011, terá que entregar agora sua medalha do Mundial de Helsinque para Maria Mutola, de Moçambique, quarta colocada na disputa de 2005.
 
O doping de Andrianova prejudica ainda mais a imagem da Rússia perante a comunidade internacional de atletismo. O país, suspenso pela Iaaf, busca reverter a situação para que possa enviar seus atletas às Olimpíadas do Rio, em 2016.
 
Veja Também: 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook