Velocistas dão show no Troféu Brasil Caixa de Atletismo | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Velocistas dão show no Troféu Brasil Caixa de Atletismo

Rosangela Santos vence os 100 m / Foto: Wagner Carmo / CBAt

Rio de Janeiro - As velocistas deram um show nesta quinta-feira (dia 14), no primeiro dia do Troféu Brasil Caixa de Atletismo. Rosangela Santos (Pinheiros), medalha de ouro dos 100 m, e Ana Cláudia Lemos (BM&FBovespa), prata, se destacaram na Arena Caixa, no Centro de Atletismo Professor Oswaldo Terra, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista.
 
Elas conseguiram os índices para os Jogos do Rio 2016. Rosangela ganhou a final com 11.08 (0.2) e a sua série semifinal, com 11.14 (1.8). Ana Cláudia fez a final em 11.36 (0.2) e a semifinal em 11.28 (0.6). Com isso, as duas superaram a marca mínima de 11.32 para a qualificação olímpica, que começou a valer a partir de 1º de maio, segundo os critérios da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).
 
"Estou muito feliz pela minha temporada e agora com minha vitória no Troféu Brasil. É o resultado de muita dedicação nos treinos e de superação de dores e de contusões", comentou Rosangela, que superou duas vezes seu recorde pessoal. Embora feliz com o índice olímpico, a velocista prefere pensar a curto prazo. "Meu foco é o PAN de Toronto, o Mundial de Pequim e o Mundial Militar. Tudo isso é muito gratificante", completou.
 
Recordista sul-americana com 11.01, tempo obtido em abril passado, Ana Cláudia comemorou o pódio. "Meu objetivo era a vitória, claro, mas hoje era do dia da Rosangela. É muito bom o Brasil ter duas atletas já qualificadas para a Olimpíada e correndo com possibilidades de fazer uma final no Mundial de Pequim", lembrou. "Este é o tipo de rivalidade muito saudável, que só ajuda o Brasil."
 
Juvenil vence - Vitor Hugo dos Santos (Brasil Foods/ILF), de 19 anos, venceu os 100 m masculino com 10.22 (0.1), quebrando o recorde brasileiro e sul-americano de juvenis da prova. Vitor, vice-campeão mundial de menores dos 200 m, era o recordista brasileiro, com 10.29 (1.9). Já a melhor marca sul-americana era do panamenho Alonso Edwards com 10.28, desde 2007.
 
"Os bons resultados mostram que o trabalho que venho fazendo é muito bom", afirmou, agradecendo ao técnico Paulo Servo Costa, seu "professor" desde os 10 anos, em Curicica, no Rio de Janeiro. "Tenho de pensar grande para continuar evoluindo e melhorando meus resultados", completou.
 
14º título - Wagner Domingos (BM&FBovespa) conquistou o 14º título do Troféu Brasil Caixa no lançamento do martelo com 73,66 m. "Queria conseguir o índice para o Mundial de Pequim (76,00 m), mas não foi o dia. "Espero conseguir a marca no Sul-Americano do Peru em junho, porque estou bem treinado e confiante", comentou. No lançamento do martelo feminino, Carla Michel (BM&FBovespa) comemorou mais uma vitória. Ela obteve a marca de 60,25 m na segunda das seis tentativas.
 
Tatiele e Giovani - Tatiele Roberta de Carvalho (Orcampi/Unimed) foi a campeã dos 10.000 m feminino, com 33:43.93. Ela disse que fez uma prova tática até os 6.000 m, quando sentiu cansaço muscular. "A partir daí, foi só confiança e garra", ponderou a corredora. "O vento estava muito forte. O foco é o PAN. Espero estar lá representando bem o Brasil", afirmou a atleta que no sábado disputará os 5.000 m em São Bernardo.
 
Na prova masculina dos 10.000 m, segunda vitória seguida de Giovani dos Santos (Pé de Vento/Caixa), com 28:39.54. "O nível da prova foi bom, corri bem, mas o vento atrapalhou", disse Giovani. "Acho que poderia ter feito a prova em 28 minutos, se o tempo estivesse melhor", continuou. "Agora vou correr a Maratona de São Paulo, no domingo", completou.
 
Heptatlo - No heptatlo, após quatro provas, a liderança é de Giovana Cavaleti (ASA São Bernardo/Caixa), com 3.485 pontos. A competição termina nesta sexta-feira, com a disputa das últimas três provas.
 
BM&FBovespa lidera - Na classificação geral parcial, a liderança é da BM&FBovespa, que busca o 14º título consecutivo, com 54 pontos. O Pinheiros está em segundo lugar, com 45, seguido de Orcampi/Unimed (36), Pé de Vento/Caixa (24) e da Brasil Foods/ILF (19).
 
PÓDIO 1ª ETAPA
 
100 m feminino (0.2 m/s)
1º Rosangela Santos (Pinheiros) 11.08
2º Ana Claudia Lemos (BM&Fbovespa) 11.36
3º Vanusa Henrique dos Santos (BM&Fbovespa) 11.49
 
100 m masculino (-0.1 m/s)
1º Vitor Hugo dos Santos (Brasil Foods/ILF) 10.22
2º Bruno Lis (FCTE) 10.32
3º Jorge da Costa Vides (Brasil Foods/ILF) 10.38
 
Lançamento do martelo masculino
1º Wagner Domingos (BM&FBovespa) 73,66 m
2º Allan Wolski (Pinheiros) 70,80 m
3º Jonathan Felipe Cardoso (ASA-Sertãozinho) 60,18 m
 
Lançamento do martelo feminino
1º Carla Michel (BM&FBovespa) 60,25 m
2º Mariana Grasielly Marcelino (Orcampi/Unimed) 58,84 m
3º Anna Paula Magalhães (BM&FBovespa) 54,83 m
 
10.000 m masculino
1º Giovani dos Santos (Pé de Vento/Caixa) 28:39.54
2º Solonei Rocha (Orcampi Unimed) 29:28.06
3º Gilmar Silvestre Lopes (Pé de Vento/Caixa) 29:48.90
 
10.000 m feminino
1º Tatiele Roberta de Carvalho (Orcampi/Unimed) 33:43.93
2º Joziane da Silva Cardoso (FMEC) 33:54.91
3º Tatiana de Souza Araújo (Pinheiros) 34:29.34
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook