Brasil Ride Trail Run estreia em Ilhabela em grande estilo

Nilson Rossiter vence nos 21 km  / Foto: Fernanda Balster / FotopNilson Rossiter vence nos 21 km / Foto: Fernanda Balster / Fotop

Ilhabela - Ilhabela foi sede na manhã deste domingo (12) da edição inédita de mais uma competição do circuito da Brasil Ride. Enquanto os ciclistas do Warm Up Pro e Sport tomaram conta da pista de 25 km da competição de mountain bike, foi realizada em paralelo a quarta etapa de 2018 da Trail Run Series, a corrida de montanha da Brasil Ride. 
 
Na principal categoria, com 21 km, o título foi conquistado por Nilson Rossiter e Juliana Gomes, em 2h03min49 e 2h09min40, respectivamente. Na disputa curta, com 7,5 km de extensão, venceram na geral os ilhabelenses Paulo Henrique Pereira (37min36) e Geisla do Santos (44min15). As duas competições reuniram 600 bikes e corredores de 11 Estados.
 
Recifense radicado em São Paulo, Nilson Rossiter travou uma bela disputa com os corredores Cícero Pereira e Guilherme Molinari, vice-campeão e terceiro colocado, respectivamente. Enquanto Cícero completou o percurso 47 segundos após o vencedor Nilson, Guilherme veio logo em seguida pouco mais de dois minutos atrás do adversário na disputa pela segunda colocação, com o tempo de 2h06min52.
 
"O Cícero puxou boa parte da prova e os demais perseguidores dele foram juntos, disputando a vitória a cada quilômetro. Na última subida, faltando cerca de 3 ou 4 km, consegui fazer a diferença. Os adversários desciam bem demais, o que dificultou muito essa minha conquista. Foi sensacional a Trail Run Series. Muito bem sinalizada, a cada 15 metros havia uma faixa demarcando o percurso. Foi bem legal. Essa foi minha primeira corrida da Brasil Ride e fiquei com uma ótima impressão", destacou Nilson, de 31 anos.
 
Na disputa entre as mulheres, uma triatleta com experiência nas corridas de aventura levou a melhor. A paulistana Juliana Gomes conseguiu o triunfo com boa vantagem para as adversárias do top 3. Geciane Rodrigues, a vice-campeão, concluiu sua participação 18 minutos após Juliana e Elisangela Teixeira fechou o top 3 no pódio, com 31 minutos de desvantagem para a campeã.
 
"Estive um tempinho parada das corridas de aventura e do triathlon, e agora estou retomando. A prova foi maravilhosa, com ótimas trilhas em um percurso bem técnico. Havia bastante subida e descida, em trilhas estreitas. Ou seja, foi realmente legal de se competir. É gratificante ser a campeã da primeira etapa da Trail Run realizada em Ilhabela. E isso só me motiva a voltar com tudo às competições", comemorou Juliana.
 
Festa local - Nas disputa da distância curta, de 7,5 km, as vitórias na classificação geral masculina e feminina foram de dois atletas atletas de Ilhabela: Paulo Henrique Pereira, de 21 anos, e Geisla dos Santos, de 32. "Foi uma grande honra participar desta corrida realizada pela primeira vez em nossa cidade. Conhecia bastante as trilhas e me considerava preparado. Havia ganhado provas de asfalto e esta foi minha primeira vitória na corrida de montanha. Nas outras duas vezes em que competi em trail run aqui, cheguei bem perto da vitória. Para esta prova, treinei bem e consegui chegar", comemorou Paulo Henrique, vencedor na categoria de 16 a 24 anos.
 
Já a corredora Geisla dos Santos, campeã na categoria de 25 a 24 anos, teve que desbancar atletas mais jovens para garantir o título. "Corro corridas de montanha desde 2009 e sou tetracampeã aqui na Ilhabela, na distância de 21 km. Cheguei a disputar um Mundial de Trail Run no Havaí, em 2017, sendo 16ª no geral. Mesmo morando aqui na Ilha, não conhecia esse percurso. Para mim foi uma surpresa. Sabia que entraria na trilha e teria que fazer força. Estou feliz demais por essa vitória, em um local inédito para mim", vibrou Geisla.
 
Galera reunida para correr - Um dos grupos de corrida de Ilhabela, o "Life 4 Fun" reuniu 25 de seus 40 corredores para a disputa da quarta etapa da Trail Run Series em 2018. Em comum aos integrantes do grupo, a alegria de competir pelo simples prazer de se desafiar e melhorar a saúde. "Adoramos esse tipo de prova radical, com estilo rústico. Lama e morro, ou seja, dá para aproveitar a natureza e divertir-se bastante. Vibramos muito quando uma corrida nova chega para Ilhabela, com toda a expectativa dela, por ser tão bem organizada. Treinamos na trilha e nos impressionou a marcação do terreno", disse Daniela de Castro, organizadora da "Life 4 Fun".
 
"A categoria principal de nosso grupo é que cerca de 90% dos nossos corredores são pessoas que iniciaram a atividade esportiva para melhorar a saúde, ou seja, sem o foco na performance. E isso faz a diferença quando elas vêm para cá, porque não há preocupação com o resultado. Temos jovens e idosos, todos querendo cuidar de situações como diabetes, hipertensão, entre outras questões. Ou seja, o esporte nos ajuda a enfrentar esses problemas da melhor maneira possível. Me sinto muito feliz de chegar aqui e ver os demais integrantes da 'Life 4 Fun' tão animados", complementou Daniela de Castro.
 
Organização satisfeita pela estreia - Além da satisfação por parte dos ciclistas e corredores, quem também concluiu a Brasil Ride Ilhabela com sensação de missão cumprida foram os organizadores do circuito. "A estreia da Brasil Ride no Litoral Norte de São Paulo foi sensacional. Trilhas técnicas, num visual de tirar o fôlego, deixou os competidores realizados, com o mais puro mountain bike e o melhor da corrida montanha. Agradeço o apoio incondicional da Prefeitura de Ilhabela, que nos ajudou a garantir alto nível técnico das duas provas", comemorou Mario Roma, fundador da Brasil Ride.
 
Demais categorias 21 km - Além do top 3 masculino e feminino, diversas outras categorias tiveram seus campeões na distância longa. Os vencedores foram: Alane Alves e Gilberto Gomes (25 a 34 anos); Maria Clara Vergueiro e Giulianno dos Santos (35 a 44 anos); Maria de Fátima Miranda e Edvaldo Andrade (45 a 54 anos); e Pedro Celso Paschoalin (55 anos ou mais). 
 
Demais categorias 7,5 km - Na distância curta, os demais campeões foram: Jackelyne Gonçalves (16 a 24 anos); José Paulo da Silva (25 a 34 anos); Edilma Souza e Neilton de Jesus (35 a 44 anos); Carolina Conti e Rubenilson Pinto (45 a 54 anos); Adriana Gomes e João Alves (55 anos ou mais); e Eberton Tomaz (PNE).
 

Veja Também: 

 

 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook