Fernanda Maciel enfrenta 128 km na primeira prova do ano

Em Roque Nublo (ESP), Fernanda Maciel finaliza treinamentos e ambientação visando à Transgrancanaria  / Foto: Ivan MolinaEm Roque Nublo (ESP), Fernanda Maciel finaliza treinamentos e ambientação visando à Transgrancanaria / Foto: Ivan Molina

Espanha - Recordista mundial e reconhecida como referência por suas extensas travessias em montanhas ao redor do mundo, a ultramaratonista Fernanda Maciel está em processo de preparação para a competição que cruza de norte a sul a Ilha Gran Canaria, na Espanha. O trajeto de 128km conta com 7.500m de desnível positivo passando por montanhas, florestas cobertas por pinheiros, canyons e praias. 
 
A Transgrancanaria 2019 terá início na próxima quarta-feira (20) e é a primeira prova do ano que a atleta mineira disputará. Apesar do trajeto contar com muito desnível e descidas bem íngremes, Fernanda está com boas expectativas com relação ao seu desempenho e acredita que superará os resultados do ano passado. 
 
Devido às condições climáticas da região onde vive na Espanha não estarem adequadas para a prática de corrida, a mineira aproveitou as últimas semanas para treinar no próprio percurso da prova. “É um terreno técnico pedregoso que deixa os pés destruídos, e há muita mudança de temperatura: pelas montanhas muito vento, neblina e frio, pelas praias e canyons, um calor infernal. Mas a vista do mar mesclado com os picos sempre compensam e o público é incrível, são mais de 15 mil pessoas entre corredores e aqueles que assistem ao vivo”, conta Fernanda.
 
A ultramaratonista já participou de três edições do evento e reconhece a importância da competição. “Esta prova é tão importante como a Ultra Trail du Mont Blanc em relação aos pontos para o circuito mundial. Elas se assemelham na dificuldade do terreno, no alto nível dos corredores de elite, e na pontuação. Portanto, vamos com tudo para estar no pódio.”  
 
Aproveitando sua temporada na Espanha, onde reside atualmente, Fernanda correrá uma maratona em Tenerife, da qual fazem parte grandes corredores de elite, e posteriormente viajará à Rússia para subir e descer correndo o Elbrus, montanha mais alta da Europa com 5.642m. Depois, investirá seu tempo na preparação para o Ultra Trail du Mont Blanc, prova que atravessa três países do continente europeu, onde percorrerá 170km com 10.000m de desnível positivo. Além dessas provas e projetos, a recordista ainda planeja passar alguns dias pelas montanhas da Suiça para treinar e realizar alguns filmes.   
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

 
 
Curta - EA no Facebook