Brasileiras ganham tudo e são campeãs gerais

Brasileiras deixaram Lima no topo / Foto: CBDA / DivulgaçãoBrasileiras deixaram Lima no topo / Foto: CBDA / Divulgação

Rio de Janeiro - O título de Campeão Sul-Americano Juvenil de Nado Sincronizado é do Brasil! Com 132 pontos as meninas brasileiras, das Seleções Juvenil e Junior, conquistaram o título geral e também faturaram todas as sete medalhas de ouro disputadas no torneio, realizado entre 21 e 24/04, em Lima no Peru. No último dia de competição, nesta sexta-feira (24/4), as brasileiras venceram as últimas duas provas. Com 120 pontos, a Colômbia ficou na segunda posição geral, seguida pela Chile, com 96. A brasileira Sofia Pinheiro da Costa recebeu o Prêmio Señor de Sipan, oferecido pela Orden de Los Caballero das Américas, como melhor atleta da competição.
 
"A sensação de ganhar tudo e ser reconhecida como a melhor é inexplicável. Esse sentimento é incrível. Amo meu esporte e quero continuar crescendo. No começo da competição eu estava apreensiva, por nadar todas as provas, mas as treinadoras e a equipe técnica fizeram um excelente trabalho e me deixaram preparada. Agradeço à todos", comentou Sofia Costa.
 
Na manhã desta sexta-feira (24/4), Sofia conquistou mais um título, desta vez na prova de Solo, da categoria junior. Com 74.133 pontos , a brasileira conquistou sua terceira medalha de ouro, com 144.018 no total. A prata foi para Maria Luisa Villasana (148.351) da Venezuela, e o bronze para Martinez Letelier (138.996), do Chile.
 
"Hoje eu estava confiante, porque sei que treinamos muito, mas confesso que também estava nervosa antes de começar. O apoio de todas as meninas antes da prova me fez sentir bem e tranquila. Na hora da apresentação eu consegui passar a felicidade de poder nadar pelo Brasil", finalizou Sofia
 
No dueto juvenil, última prova do Campeonato, Anna Giulia e Laura Miccuci, ao som de “Jazz” somaram 74.400 pontos e encerraram a competição com mais um título para o Brasil. Somada a nota da figura, a dupla brasileira garantiu o título com 141.818 pontos, no total. O pódio teve a Colômbia na segunda colocação, com 134.852 pontos. Na terceira posição, a dupla Argentina somou 131.775 pontos, ao se apresentar ao som instrumental de Tico-Tico no Fubá.
 
"A responsabilidade de nadar pelo Brasil é muito grande, mas nós conseguimos fazer tudo certo, como as técnicas nos treinaram. Sabemos que esse título é muito importante para as nossas carreiras e estamos muito felizes. O dueto têm que ser muito unido e nós nos damos muito bem, isto ajuda muito", comentou Anna Giulia.
 
Laura Miccuci faturou três ouros (solo, dueto e equipe) somente neste Campeonato Sul-Americano, segundo da sua carreira, e comentou a sensação conquistar cada medalha.
 
"Subir no pódio e ouvir o hino brasileiro é indescritível. Sempre fico muito emocionada. Eu trabalhei muito para fazer uma boa competição e estava confiante. Para mim, o mais importante é nadar feliz e gostar do que faz. Isso com certeza é o que fizemos aqui", comentou Laura Miccuci.
 
Além da premiação geral, o Brasil garantiu o título na categoria junior e juvenil. No junior, com atletas de 16 a 17 anos, o Brasil garantiu a pontuação máxima de 78 pontos. As meninas do juvenil, de 13 a 15 anos, também com 100% de aproveitamento, três títulos em três provas, somaram 54 pontos.Com este título a equipe brasileira mantém sua hegemonia sul-continental na modalidade. Sônia Hercowitz supervisora de Nado Sincronizado comentou a relevância destas medalhas para o esporte nacional.
 
"Este 100% de aproveitamento só comprova a força do trabalho de base realizado no Brasil. Mesmo com o crescimento dos demais países, o que é ótimo para o nível do torneio, a seleção brasileira ainda têm seu diferencial. Hoje na seleção temos meninas vindas do Nordeste e isto é muito importante para a expansão e fortalecimento do Nado Sincronizado. Reforça também, que o projeto de desenvolvimento implementado pela CBDA já está rendendo bons frutos para o país. Ter o grupo Juvenil revelando novos talentos, que conseguem manter o nível da equipe, foi muito bom. As meninas do junior também estão de parabéns", finalizou Sônia Hercowitz.
 
Veja Também: 
 
Países participantes: Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Peru, Uruguai e Venezuela.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook