Cesar Castro repete Atenas 2004 e fica em nono no trampolim 3m

Saltador brasileiro somou 436 pontos na final desta terça-feira / Foto: Alexandre Loureiro/Exemplus/COBSaltador brasileiro somou 436 pontos na final desta terça-feira / Foto: Alexandre Loureiro/Exemplus/COB

Rio de Janeiro - O brasileiro Cesar Castro repetiu nos Jogos Olímpicos Rio 2016 o mesmo resultado que obteve em Atenas 2004. Nesta terça-feira, dia 16 de agosto, no Parque Aquático Maria Lenk, Cesar ficou em nono lugar no trampolim de três metros com 436 pontos.
 
A medalha de ouro da prova ficou com o chinês Yuan Cao (489,10), seguido pelo britânico Jack Laugher (389,40) e pelo alemão Patrick Hausding (413,50).
 
"Estou muito feliz de ter conseguido repetir o feito de 2004. Mesma classificação, com a diferença que aqui estava todo mundo torcendo a favor. Depois de não ter passado nem para a semifinal em Pequim, de ter ficado na semifinal em Londres, de ter ficado fora das finais em campeonatos mundiais. Estou num momento muito feliz na vida. Não quero falar dos planos agora no calor da emoção. Daqui a dois meses vou avaliar qual o melhor caminho a seguir", disse o saltador.
 
Após os Jogos Londres 2012, quando muitos apostavam em uma aposentadoria, Cesar Castro realinhou objetivos, mudou com a esposa para os Estados Unidos e retornou forte. Com a notícia de que será pai de gêmeos, ele entra para a história do esporte como duas vezes finalista olímpico do Brasil nos saltos ornamentais, mas ainda não fala em aposentadoria.
 
"Hoje todas as possibilidades estão abertas. Vou pensar ainda", explicou Cesar.
 
O Basil tem ainda Ingrid Oliveira nas eliminatórias da plataforma, nesta quarta-feira, às 15h, e Hugo Parisi em eliminatória da versão masculina da mesma prova, na sexta-feira, a partir das 16h.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook