Simone Alves é pega no exame antidoping e está fora do Pan | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Simone Alves é pega no exame antidoping e está fora do Pan

Na última sexta-feira, dia 14 de outubro, a confederação Brasileira de Atletismo, confirmou que a recordista sul-americana dos 5.000 e 10.000 metros, Simone Alves da Silva, está suspensa por tento indeterminado / Foto: Fernanda Paradizo / ZDLRio de Janeiro - Na última sexta-feira, dia 14 de outubro, a confederação Brasileira de Atletismo, confirmou que a recordista sul-americana dos 5.000 e 10.000 metros, Simone Alves da Silva, está suspensa por tento indeterminado. A atleta foi pega no exame antidoping para a substância proibida Eritropoetina Recombinante, hormônio que aumenta a capacidade de transporte de oxigênio no sangue, elevando a resistência física.

 Além de perder sua vaga nos Jogos Pan-Americanos, em nota oficial, o São Caetano, clube que a atleta representa, informou que Simone foi desligada do quadro de atletas. Segundo o clube, essa medida estava prevista no contrato.

Em agosto, no troféu Brasil, Simone quebrou o recorde sul-americano dos 10.000 metros, conseguindo uma vaga para o Mundial que foi realizado em setembro, na Coreia do Sul, mas dias antes do embarque da delegação brasileira, Simone alegou uma lesão e ficou fora do torneio. A lesão foi confirmada pela CBAt.

 

Segue a nota da CBAt:

 

"A Confederação Brasileira de Atletismo lamenta informar que o laboratório credenciado pela WADA/IAAF, com sede em Montreal, Canadá, comunicou a esta entidade, no dia 02 de setembro de 2011, que identificou, na amostra de urina "A" da atleta SIMONE ALVES DA SILVA (Registro CBAt nº 17162-SP), coletada no dia 03 de agosto de 2011, na cidade de São Paulo, SP, durante o XXX Troféu Brasil Caixa de Atletismo, a presença da substância proibida Eritropoetina Recombinante (EPO). Por isso, a fundista não participará dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara.

Em conformidade com o disposto nas normas da WADA/IAAF, a atleta foi comunicada em 05 de setembro de 2011 do resultado analítico adverso na amostra "A" de sua urina, coletada no evento acima, pela CBAt, tendo apresentado suas justificativas em 12 de setembro de 2011, solicitando a abertura da contraprova (amostra "B") de sua urina, a qual foi aberta pelo laboratório acima citado em 05 de outubro de 2011, tendo a CBAt recebido no dia de hoje, 14 de outubro de 2011, o resultado da análise da amostra "B" que confirmou o resultado da Amostra "A". Desta forma, as justificativas da atleta não foram aceitas pela entidade, tendo a confederação comunicado à atleta no dia de hoje este fato, considerando o resultado analítico adverso como infração de dopagem, em conformidade com as Normas da WADA/IAAF. A CBAt emitiu Portaria suspendendo a atleta provisoriamente a partir desta data, tendo a mesma 14 dias a contar de hoje, para solicitar o seu julgamento pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) da CBAt, ainda em conformidade com as Regras da IAAF.

A CBAt comunica, ainda, que solicitou nesta data ao Comitê Olímpico Brasileiro o cancelamento da inscrição da atleta nos Jogos Desportivos Pan-Americanos - Guadalajara 2011. "


Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook