De olho no Mundial, brasileiros disputam o Sul-Americano de Assunção | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

De olho no Mundial, brasileiros disputam o Sul-Americano de Assunção

Campeonato será disputado desta sexta-feira a domingo no Paraguai / Foto: Wagner Carmo/CBAt

Paraguai - Muitos atletas da Seleção Brasileira disputam desta sexta-feira (dia 23) a domingo (25) a 50ª edição do Campeonato Sul-Americano de Atletismo, em Assunção, no Paraguai, de olho na possibilidade de qualificação para o Mundial de Londres, que será disputado em agosto.
 
Afinal, de acordo com os critérios de convocação definidos pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), os campeões em Assunção, que estiverem entre os 40 primeiros colocados no Ranking Olímpico da IAAF em 23 de julho, data limite para a obtenção de índices, estarão qualificados para a equipe que irá ao Mundial de Londres.
 
O Ranking Olímpico leva em conta as marcas de apenas três atletas por país na relação de cada prova. Com isso, com aval da IAAF, que visa fortalecer os campeonatos de área, os atletas podem disputar o principal evento do esporte mesmo sem ter alcançado as marcas mínimas exigidas.
 
No Sul-Americano de Assunção, o Brasil terá uma equipe forte, formada por 52 atletas (26 homens e 26 mulheres). A grande atração, festejada pelos organizadores, é o catarinense Darlan Romani, quinto colocado na Olimpíada do Rio e quinto lugar no Ranking da IAAF no arremesso do peso, com 21,82 m, recorde continental. Já qualificado para Londres, ele continua na sua caminhada rumo ao objetivo de superar os 22 m. “Treino muito para melhorar meus resultados. Estou contente com minha regularidade na temporada”, disse o atleta, sem prometer marcas.
 
No primeiro dia do Sul-Americano, que será disputado no Estádio Comitê Olímpico Paraguaio, 28 provas estão previstas a partir das 8 horas locais (9 horas de Brasília). São 17 finais, seis semifinais e cinco provas do decatlo.
 
Vários brasileiros são favoritos ao ouro. Um dos maiores desafios será enfrentado por Nubia Aparecida Soares, qualificada para o Mundial no salto triplo, com 14,56 m (0.8), quarta melhor marca do Ranking Mundial da IAAF. É que ela terá pela frente a venezuelana Yulimar Rojas, medalha de prata nos Jogos Olímpicos do Rio e líder do Ranking Mundial, com 14,96 m (-0.3).
 
Entre os que competem nesta sexta-feira estão Bruno Lins, Rosangela Santos e Vitoria Cristina Rosa, nos 100 m; Lucas da Silva Carvalho, Geisa Coutinho e Leticia Cherpe de Souza, nos 400 m; Fabiana dos Santos Moraes, nos 100 m c/barreiras; Karla Rosa da Silva, Joana Ribeiro Costa e Augusto Dutra, no salto com vara; Laila Ferrer e Daniella Nisimura, no lançamento do dardo; Ronald Julião, Andressa Oliveira de Morais e Fernanda Borges Martins, no lançamento do disco; Talles Frederico Silva e Fernando Carvalho Ferreira, no salto em altura.
 
A delegação brasileira chegou na tarde de quarta-feira (21) a Assunção e alguns atletas já foram treinar no estádio de competição.
 
O Brasil, tradicionalmente, domina a competição continental. Em 49 edições já disputadas no torneio masculino, a equipe venceu 30. Em 2015, em Lima, no Peru, obteve a 22ª vitória consecutiva. No feminino, foram realizadas 38 competições na história, sendo que a Seleção também ganhou 30. No Estádio La Videna, há dois anos, as meninas conseguiram a 23ª conquista consecutiva.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook