Liga Diamante reúne dezenas de medalhistas olímpicos em NY | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Liga Diamante reúne dezenas de medalhistas olímpicos em NY

Carmelita Jeter ganhando o ouro na final feminina de 100m  / Foto: Getty Images / Iaaf Carmelita Jeter ganhando o ouro na final feminina de 100m / Foto: Getty Images / Iaaf Nova York - Nova York será a capital do esporte mundial no dia 9 de junho, durante a disputa do Grand Prix Adidas, válido pela 6ª etapa da Liga Diamante. Em seu oitavo ano, a competição será disputado no Estádio Icahn, localizado na Ilha Randall, localidade que fica bem próxima ao Central Park. A competição reunirá dezenas de medalhistas olímpicos e campeões mundiais.

A campeã mundial Carmelita Jeter e a campeã olímpica Shelly-Ann Fraser-Pryce irão se enfrentar na prova dos 100m. Jeter, 32 anos, ganhou uma medalha de ouro no Campeonato Mundial da IAAF de 100m em 2011 e prata nos 200m, também assegurando à equipe dos Estados Unidos o ouro no Revezamento 4x100m. Considerada a segunda mulher mais rápida da história, com um tempo de 10.64, Jeter dominou a temporada no ano passado, ganhando onze das doze competições de 100m, de que participou. Fraser-Pryce, 25 anos, é a atual campeã olímpica e campeã mundial de 2009 nos 100m e revezamento 4x100m.

No masculino, Jeremy Wariner retornará para o Estádio Icahn para defender o título nos 400m, enquanto se prepara para sua terceira Olimpíada. Ele já tem quatro medalhas olímpicas: ouro nos 400m em 2004, no Revezamento 4x100m em 2004 e 2008 e prata nos 400m em 2008. Wariner também é dono de cinco medalhas em campeonatos mundiais, incluindo o ouro em 2005 e 2007.

Após uma contusão no pé, que tirou o tri-campeão olímpico do Campeonato Mundial no último verão, Wariner voltou a vencer no ‘Central Texas All-Star’, disputado dia 31 de março, na prova dos 4x100m válida como o ‘Revezamento do Texas’.

Outro que garantiu presença no evento é Yohan Blake. O Jamaicano ficou com a medalha de ouro no Campeonato Mundial de Atletismo, disputado em Daegu, em 2011, depois que seu compatriota, Usain Bolt, o homem mais rápido do mundo, foi desclassificado ao queimar a saída.

 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook