Velocista se desculpa com repórter: ‘fui mal educada e arrogante’ | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Velocista se desculpa com repórter: ‘fui mal educada e arrogante’

Rosângela Santos bateu boca com repórter ao vivo / Foto: Divulgação / CBAt

Rio de Janeiro – A atleta brasileira Rosângela Santos, que disputou a prova dos 100m rasos durante o evento teste do atletismo, no início da semana, no Engenhão, pediu desculpas pela forma como tratou um repórter após terminar sua prova apenas na oitava colocação.
 
“Eu estava de cabeça quente e realmente não tive paciência com as perguntas dos repórteres. Acabei me excedendo e sendo rude, mal educada e arrogante... A pressão nessa reta final antes dos Jogos é muito grande e a adrenalina logo após a competição ainda está alta. Não serve como justificativa, mas quem me conhece sabe que às vezes tenho uma personalidade forte e às vezes sou muito impulsiva”, publicou Rosângela.
 
A atleta ainda afirmou que a torcida sempre será bem-vinda quando ela estiver competindo. “Quero pedir desculpas aos jornalistas e ao público em geral. A torcida não é e nunca será irrelevante, pois são vocês quem nos apoia e torce pelo nosso sucesso nesses Jogos Olímpicos”, emendou.
 
O fato ocorreu quando o repórter da Band, Vinicius Nicoletti, questionou Rosângela sobre o resultado. “Bom”, ela respondeu. Logo em seguida, perguntada sobre a importância da torcida perto, disse que era “algo irrelevante”.
 
Depois, perguntada sobre o momento ruim que vive a equipe brasileira masculina dos 100m, ela disparou: “Não corro o masculino, não falo disso. É cada pergunta que vocês fazem aqui. Fale sobre meu desempenho”.
 
O bate boca se intensificou e o repórter da Band resolveu rebater a atleta. “Rosângela, você pode não responder, mas eu decido as perguntas eu vou fazer. É meu trabalho. Eu não te ensino a correr, e você não me ensina a perguntar. Ok?”, bradou Nicoletti.
 
A velocista se sentiu atingida pela colocação e ironizou quanto à emissora do jornalista. “Nossa, quem é você? Ninguém assiste a Band”, rebateu, irritada, e seguindo em direção ao local onde estava a imprensa escrita.
 
Confira o comunicado oficial de Rosângela Santos
 
Galera,
 
Quero esclarecer aqui o meu comportamento no evento-teste de atletismo, no Engenhão, quando discuti com o repórter Vinicius Nicoletti, da Band.
 
Depois da eliminatória, eu fiquei insatisfeita com o meu desempenho e a classificação para a final dos 100m com o oitavo tempo, como muitos sabem me cobro muito e não estava aceitando aquela performance que a meu ver foi muito aquém do que eu venho treinando e do que eu posso fazer....
 
Estava de cabeça quente e realmente não tive paciência com as perguntas dos repórteres. Acabei me excedendo e sendo rude, mal educada e arrogante...
A pressão nessa reta final antes dos Jogos é muito grande e a adrenalina logo após a competição ainda está alta.
 
Não serve como justificativa, mas quem me conhece sabe que às vezes tenho uma personalidade forte e às vezes sou muito impulsiva.
 
Respeito muito o Vinicius, um profissional que conhece o esporte olímpico, e também a empresa onde ele trabalha não somente ele mas como a todos os que sempre deu apoio ao esporte e aos atletas brasileiros.
 
Por isso, quero pedir desculpas aos jornalistas e ao público em geral, a torcida não é e nunca será irrelevante pois são vocês quem nos apoia e torce pelo nosso sucesso nesses Jogos Olímpicos e prometo que esta situação que já não deveria ter ocorrido não vai ocorrer novamente.
 
Atenciosamente e abraço a todos
 
Rosângela Santos
 
Veja Também: 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook