Dirigentes quenianos suspensos por suspeita de desvio de dinheiro | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Dirigentes quenianos suspensos por suspeita de desvio de dinheiro

Isaiah Kiplagat / Foto: NationIsaiah Kiplagat / Foto: Nation

Rio de Janeiro – A Federação Internacional de Atletismo (IAAF) suspendeu, nesta segunda-feira, três dirigentes quenianos, segundo comunicou a própria entidade. A decisão foi fruto de uma reunião do comitê de ética do organismo.
 
Isaiah Kiplagat, presidente da Federação Queniana de Atletismo, David Okeyo, vice-presidente do mesmo órgão e Joseph Kinyua, ex-tesoureiro da associação, estão entre os punidos. A suspeita é de que o trio estaria envolvido num esquema de desvios de dinheiro.
 
O valor desviado teria vindo da Nike, fornecedora de material esportivo para a federação do Quênia. O valor chegaria à casa dos US$ 700 mil dólares (mais de R$ 2,5 milhões). A empresa, por sua vez, negou estar envolvida em qualquer escândalo. As informações são do jornal inglês The Guardian.
 
"O presidente [do comitê de ética] determinou a suspensão provisória para avaliação cuidadosa de queixas, provas e informações", traz o comunicado, que emenda dizendo que Kiplagat teria sido pago com dois veículos automotores, como presente da Federação de Atletismo do Qatar em 2014 e 2015.
 
Os três dirigentes ainda seriam partícipes no esquema de encobrimento dos casos de doping do atletismo, escândalo que eclodiu recentemente e tem a Federação e o governo da Rússia como principais suspeitos.
 
Inicialmente a suspensão valerá por 180 dias. Michael Beloff, presidente do comitê de ética da IAAF, pediu investigações profundas às denúncias.
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook