Ex-recordista dos 200m crê que Bolt pode já ter chegado ao seu limite | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Ex-recordista dos 200m crê que Bolt pode já ter chegado ao seu limite

Usain Bolt, atual homem mais rápido do mundo / Foto: Getty Images

Rio de Janeiro - A lenda das pistas Michael Johnson acredita que na condição atual Usain Bolt, detentor dos recordes mundiais nos 100 e 200m, já chegou ao seu limite. 

Mesmo assim, o ex-velocista americano suspeita que o jamaicano ainda pode quebrar a barreira dos 19 segundos nos 200m se focar na sua técnica e trabalhar pesado nos treinamentos. 

Bolt derrubou o recorde de 12 anos de Johnson de 19.32 segundos enquanto se consagrava para a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. À época, o jamaicano baixou em dois centésimos o recorde mas, um ano depois, no Campeonato Mundial, conseguiu cravar 19.19 segundos, seu tempo atual. 

Desde então, o velocista de 27 anos não tem se habilitado a uma nova quebra de recorde e Johnson afirma que ele precisará fazer alguns ajustes no seu estilo de corrida se quiser melhorar ainda mais o melhor tempo do mundo na prova. 

"Se eu tivesse que adivinhar e dizer 'Nós já vimos o melhor dele?' eu diria que provavelmente sim mas você nunca se sabe quando em se tratando dele", afirma Johnson. 

Segundo o diário britânico Daily Mail, o ex-detentor do recorde mundial dos 200m garantiu que conforme Bolt envelhece, as chances de ficar mais rápido diminuem bastante. "Torna-se difícil permanecer saudável, o que acaba deixando isso [uma nova quebra de recorde] mais penosa", garante. 

"Por outro lado eu não sei se ele fez tudo o que pode fazer para ser o melhor. Ele tem feito o suficiente e isso tem sido o bastante", conclui. 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook