IAAF promete examinar caso de Tyson Gay após questionamentos | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

IAAF promete examinar caso de Tyson Gay após questionamentos

Tyson Gay: um ano de suspensão contestado / Foto: Getty Images

Rio de Janeiro - Sebastian Coe, vice-presidente da IAAF (órgão mundial que comanda o atletismo), afirmou que irá olhar "de bem perto" o banimento de um ano dado a Tyson Gay, após o ex-campeão mundial dos 100m testar positivo para um esteróide proibido. 

O velocista americano, de 31 anos, que já foi o homem mais rápido do mundo e sustentava o segundo posto, foi suspenso por 12 meses pela Agência Antidoping americana (USADA). 

Gay não passou por três testes em junho de 2013 quando, após os resultados serem divulgados, concordou em cooperar com as autoridades antidopagem. Por isso, o período de suspensão do americano já estaria valendo desde então, quando ele parou de competir oficialmente por conta própria. 

Michael Jamieson, nadador medalhista olímpico, encabeça o grupo de atletas que questiona o porquê de Gay já poder voltar a correr no próximo mês de julho, mesmo seu resultado oficial de doping tendo sido anunciado recentemente. 

Asafa Powell, ex-recordista mundial dos 100m, pegou 18 meses de suspensão por utilizar um suplemento que continha um estimulante proibido pela WADA (Agência Mundial Antidoping). 

"É preciso ter confiança de que os atletas na pista sabem que eles serão tratados exatamente da mesma maneira, e os espectadores precisam ter total confiança de saber que o que eles estão assistindo é legítimo", afirmou Sebastian Coe. 

Durante os últimos 10 meses, desde que parou de competir por conta própria, Gay tem treinado continuamente na sua base, na Flórida, EUA. 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook